Sábado, 24 de Julho de 2021
(31) 99129-8046
Dólar comercial R$ 5,2 -0.05%
Euro R$ 6,12 -0.05%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.06%
Bitcoin R$ 188.162,82 +4.5%
Bovespa 125.052,78 pontos -0.87%
ECONOMIA ABSURDO

Família recebe conta de água da Copasa de R$ 52 mil

Casa com 72 metros quadrados tem cinco ocupantes.

23/06/2021 16h14
208
Por: Redação Fonte: G1.COM.BR
onta de maio chegou com custo de R$ 8.735,40, e a de junho, com valor de R$ 52.035,48 — Foto: Arquivo pessoal
onta de maio chegou com custo de R$ 8.735,40, e a de junho, com valor de R$ 52.035,48 — Foto: Arquivo pessoal

Uma família de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, tomou um susto ao receber a conta de água da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) no último mês: o valor, que não costumava passava dos R$ 80, chegou a R$ 52.035,48 em maio.

O pintor Hamilton Adriano Pereira, de 47 anos, mora na casa de 72 metros quadrados, localizada no bairro Imbiruçu, com a mulher e os três filhos há três anos.

Segundo Hamilton, as contas estavam em nome da proprietária do imóvel e, quando ele transferiu a cobrança para o próprio nome, há cerca de três meses, o valor aumentou, embora o consumo não tenha mudado. A fatura referente a abril já foi um choque: custou R$ 8.735,40.

O pintor procurou a Copasa e, inicialmente, foi informado que o valor estava correto e que ele teria que pagar os quase R$ 9 mil. Quando a conta de mais de R$ 52 mil chegou, Hamilton acionou novamente a companhia. A resposta foi que ele deveria comparecer a uma unidade da empresa no dia 15 de julho.

 

Hamilton não desistiu de resolver a situação e, nesta terça-feira (22), uma equipe da Copasa esteve na casa dele e trocou o relógio. Segundo o pintor, a companhia informou que as contas poderiam ser desconsideradas e que houve um erro.

A Copasa informou que a fatura no valor de R$ 52 mil "foi cancelada no mês de abril de 2021".

"A Companhia esclarece que, de acordo com a política de cobrança, definida pela Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG), a fatura foi retificada pela média de consumo do imóvel e emitida uma nova conta com o valor de R$500,38", disse a empresa, em nota.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias