Sexta, 14 de Maio de 2021
(31) 99129-8046
Dólar comercial R$ 5,27 -0.86%
Euro R$ 6,39 -0.44%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.08%
Bitcoin R$ 284.866,48 +2.733%
Bovespa 121.330,57 pontos +0.52%
ECONOMIA VERGONHA?

Deputado Estadual Prof. Cleiton pede abertura urgente de CPI contra a CEMIG

Os elementos levantados sugerem a urgente necessidade de abertura de uma CPI para que os deputados possam apurar as graves denúncias.

29/04/2021 09h49
Por: Redação Fonte: FIEMG
Foto: Guilherme Dardanhan/ALMG
Foto: Guilherme Dardanhan/ALMG

Na tarde da terça-feira, dia 27, o deputado estadual Professor Cleiton (PSB) se pronunciou na reunião da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Ele voltou a criticar a falta de transparência na administração da Companhia Energética de Minas Gerais e deu detalhes sobre uma possível aproximação entre o Partido NOVO e a atual gestão da CEMIG. Os elementos levantados sugerem a urgente necessidade de abertura de uma CPI para que os deputados possam apurar as graves denúncias.

O deputado sul-mineiro apresentou na Casa o requerimento 7.760/2021 com Pedido de Informações sobre a contratação, sem prévio processo licitatório, da empresa EXEC CONSULTORIA DE RECURSOS HUMANOS LTDA. De acordo com o deputado, as apurações preliminares dão conta de que a empresa, contratada em 21/11/2020, teria iniciado a prestações dos serviços em 28/11/2019, ou seja, antes da assinatura do contrato. Professor Cleiton solicitou ainda que sejam enviados, pela diretoria da CEMIG, todos os processos de contratação da empresa, bem como justificativas que autorizaram a não realização de licitação.

Em seu pronunciamento, o deputado questionou a relação entre o governo, o Partido NOVO e a empresa EXEC. Segundo ele, a mesma empresa atuou no recrutamento de candidatos do partido em várias partes do país e também do secretariado mineiro. “Como parlamentar tenho tentado entender o que está acontecendo com a Cemig. Os rendimentos dos diretores da Cemig, nesse tempo de pandemia, tem um montante imoral e antiético. Parece que estão debochando do povo de Minas Gerais, das instituições, do Ministério Público e da Assembleia Legislativa”, disse.

Professor Cleiton ainda lembrou que a diretoria da CEMIG é composta por executivos do estado de São Paulo, inclusive ligados ao Partido NOVO de São Paulo. “Sobre a Cemig eu volto a afirmar o que já disse antes: Perderam a vergonha! Cabe à Assembleia corrigir esses erros e cobrar ética e moralidade dentro desse patrimônio do nosso povo”, destacou.

A Cemig já havia sido pauta de críticas do parlamentar. No início do ano, ele já havia discursado sobra a desconfiança de que a Cemig tenha tido prejuízo com a alienação de sua participação na Light e que tudo esteja relacionado à uma promessa do governador Romeu Zema de privatizar a empresa. Na ocasião, Professor Cleiton declarou acreditar na tentativa de ‘sucatear’ a empresa para que se justifique uma possível privatização. “Desconfio que a venda das ações da LIGHT representam o maior prejuízo corporativo da história recente do Brasil”.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias