Domingo, 21 de Julho de 2024 20:15
(31) 99129-8046
Educação JÁ DEU!

ABSURDO: Alunos do IFMG Sabará enfrentam mais de 70 dias sem aulas devido à greve de professores e servidores

É hora de os docentes e servidores colocarem a mão na consciência!

21/06/2024 15h34 Atualizada há 4 semanas
Por: Glaucia Melo Clark Fonte: Folha de Sabará
ABSURDO: Alunos do IFMG Sabará enfrentam mais de 70 dias sem aulas devido à greve de professores e servidores

A greve dos professores e servidores do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) em Sabará já se estende por mais de 70 dias, impactando profundamente cerca de mil alunos que se encontram sem aulas e sem acesso a projetos educacionais essenciais. Iniciada em 9 de abril, essa paralisação, que ocorre em âmbito nacional e inclui universidades e institutos federais, reflete uma luta contínua por melhores condições de trabalho e valorização dos profissionais da educação.

Contexto e Impactos da Greve

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se manifestou nesta quinta-feira (20 de junho de 2024), criticando a greve nas universidades e institutos federais, que já dura cerca de dois meses. Em entrevista à rádio Verdinha, no Ceará, Lula expressou seu desapontamento com a falta de reconhecimento pelo aumento salarial de 9% concedido anteriormente e mencionou que os trabalhadores não deveriam se esquecer do que já foi feito por eles. "Eu, às vezes, fico triste, porque ninguém agradeceu os 9% [de reajuste salarial] e estão fazendo uma greve dizendo que é por 4,5% e nós não demos nada este ano. A gente não deu porque a gente não pode dar", afirmou o presidente.

Os alunos do IFMG Sabará, que representam o lado mais prejudicado nessa situação, compartilham um sentimento de frustração e desesperança. Muitos foram até a Folha de Sabará para expressar suas preocupações e os inúmeros desafios enfrentados durante a paralisação. “Estamos há 79 dias em greve, impedidos de realizar novos estágios, de concluir nossos cursos, de solicitar declarações de matrícula, entre outros problemas. A greve é válida, mas, infelizmente, os maiores prejudicados somos nós, alunos”, afirmou um dos estudantes.

Dificuldades e Prejuízos para os Estudantes

A paralisação tem gerado um impacto significativo na vida acadêmica dos alunos, que estão enfrentando a interrupção de seus estudos e a perda de oportunidades essenciais para o seu futuro. Entre as principais dificuldades relatadas, está a impossibilidade de realizar novos contratos de estágio. “Os servidores estão recebendo seus salários integrais, enquanto nós, alunos, estamos impedidos de receber uma bolsa de estágio de R$800,00 porque a única funcionária que assina os contratos está em greve. Eles alegam que não têm como declarar presença em estado de greve, mas nós, alunos, não pedimos a greve. Estamos sofrendo sem perspectiva de resolução”, desabafou um estudante.

Além disso, os calouros deste ano nem sequer têm número de registro ainda, o que os impede de solicitar auxílios estudantis. “Estamos perdendo grandes oportunidades de estágio em empresas como ArcelorMittal, AngloGold e outras. Estamos à deriva, sem saber o que fazer ou para onde ir”, relatou outro aluno.

Situação Atual e Expectativas

Até o momento, os Institutos Federais não conseguiram chegar a um acordo que possa colocar fim à paralisação. Os alunos continuam sem saber quando poderão retomar suas aulas e recuperar o tempo perdido. A incerteza quanto ao futuro é um sentimento comum entre os estudantes, que estão ansiosos por uma resolução que permita a retomada de suas atividades acadêmicas e a continuidade de seus sonhos e objetivos.

A greve tem destacado a importância de um diálogo mais eficaz entre governo e profissionais da educação, visando não apenas a valorização dos servidores, mas também o direito dos alunos a uma educação contínua e de qualidade. A comunidade acadêmica de Sabará espera que as negociações avancem rapidamente e que uma solução justa e equilibrada seja encontrada para que os alunos possam voltar às aulas e continuar a trilhar seu caminho educacional e profissional.

Enquanto isso, os alunos do IFMG Sabará continuam a lutar por seus direitos, na esperança de que a voz da juventude e da educação seja ouvida e que, em breve, possam voltar a ocupar suas salas de aula e laboratórios, retomando suas atividades e construindo um futuro melhor para todos.

Conclusão

A situação no Instituto Federal de Sabará exige uma reflexão profunda por parte dos professores e servidores. Enquanto alguns jovens veem seus direitos de estudar sendo prejudicados, outros observam professores e funcionários recebendo salários sem estarem ativamente envolvidos nas atividades acadêmicas. É um cenário que não pode mais ser ignorado.

Os estudantes, que são o coração da instituição, enfrentam dificuldades. Muitos não têm acesso pleno ao ensino, seja por falta de aulas presenciais, seja pela ausência de suporte adequado. A educação é um direito fundamental, e a atual situação não pode perdurar.

É hora de os docentes e servidores colocarem a mão na consciência. Receber salários sem cumprir plenamente suas obrigações é uma questão ética e moral. Afinal, o compromisso com a formação dos jovens deve ser prioridade.

Não podemos mais adiar a busca por soluções. O diálogo, a transparência e a ação são essenciais para garantir que o Instituto Federal de Sabará cumpra sua missão educacional. O “JÁ DEU!” dos jovens é um grito de alerta que não pode ser ignorado. É hora de agir em prol da educação e do futuro desses estudantes.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
AdrianaHá 1 semana Sabará MGA greve terminou, mas os prejuízos para os estudantes são incontáveis. Minha filha mesmo não pode ingressar em um estágio depois de meses passando por entrevistas devido a suspensão do calendário do IFMG Sabará. Infelizmente a prioridade no Brasil nunca é o estudante apesar das instituições de ensino só existirem por causa deles.
MarcosHá 4 semanas Betim/MGFui servidor público e participei de várias greves antes de aposentar. Considero legítima a luta dos trabalhadores dos servidores federais por melhores condições salariais. Nesse caso, contudo, creio que ultrapassaram os limites do bom senso, ao não cederem em parte de suas exigências.
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Sabará - MG
Sabará, MG
Atualizado às 18h05
23°
Tempo limpo

Mín. 11° Máx. 26°

23° Sensação
3.6 km/h Vento
44% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (22/07)

Mín. 12° Máx. 29°

Tempo limpo
Amanhã (23/07)

Mín. 13° Máx. 28°

Parcialmente nublado
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias