Sexta, 16 de Abril de 2021
(31) 99129-8046
POLÍCIA VIOLÊNCIA

Motorista de aplicativo é espancada por assaltantes em Sabará

Suspeitos fingiram ser passageiros e renderam a vítima, que chegou a ser obrigada a ingerir um medicamento.

15/02/2021 08h23
Por: Redação Fonte: Portal Estado de Minas - Cristiane Silva
Motorista de aplicativo é espancada por assaltantes em Sabará
Uma mulher de 41 anos que trabalha como motorista de aplicativo viveu momentos de pânico nas mãos de assaltantes na noite desse domingo em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A mulher foi rendida e espancada após aceitar uma corrida. Os criminosos fugiram, mas, um deles, que tem 17 anos, acabou apreendido. 
 
De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher conduzia um Ford Ka e, segundo ela, foi chamada para buscar passageiros no trecho da Avenida José Cândido da Silveira no Bairro Ana Lúcia, em Sabará. Chegando lá, três homens entraram no carro e seguiram para o Bairro Fátima, no mesmo município.
 
A vítima disse que, alguns minutos após começar o trajeto, um dos homens a puxou pelo cabelo e colocou uma arma no pescoço dela, anunciando o assalto. A mulher contou que foi jogada no banco de trás, teve as mãos amarradas com uma braçadeira e foi agredida. Os assaltantes ainda a forçaram a ingerir um medicamento que, de acordo com a polícia, poderia dopá-la. 
Um dos criminosos assumiu a direção, enquanto o menor de idade passou para o banco do carona e apontou a arma para a vítima, mandando ela ficar quieta. Quando percebeu que eles passariam ao lado de uma viatura, a motorista gritou por socorro. Revoltados, os assaltantes agrediram a mulher com chutes na barriga e coronhadas na cabeça. Ela teve que fingir ter desmaiado para parar de ser agredida. 
 
Ao tentar escapar da abordagem da polícia, o assaltante que estava dirigindo entrou na contramão da rodovia entre Sabará e BH. Militares do batalhão do município e da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) começaram a segui-lo.
 
A perseguição continuou pela BR-262 e Anel Rodoviário, e só parou quando o carro bateu no meio-fio da alça de acesso à Avenida Américo Vespúcio, em BH. Os três ocupantes fugiram a pé, mas o adolescente caiu de um barranco e acabou sendo capturado por militares do 34º Batalhão, da capital. 
 
De acordo com a PM, o suspeito apreendido confirmou a versão da vítima, disse que os outros homens que estavam com ele moram na região do Bairro São Marcos e na Pedreira Prado Lopes. Ele também contou com eles agiram no carro. 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias