Terça, 28 de Setembro de 2021 14:01
(31) 99129-8046
Anúncio
POLÍCIA CRIME

Mulher presa em Sabará confessa ter matado recém-nascido por não querer mais filhos em MG

Ela confessou ainda ter escondido a gravidez da família após ter tido um relacionamento extraconjugal

08/09/2021 13h08
390
Por: Redação Fonte: JORNAL O TEMPO
Mulher presa em Sabará confessa ter matado recém-nascido por não querer mais filhos em MG

Uma mulher, de 24 anos, foi presa em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, nessa terça-feira (7), ao confessar ter matado o próprio filho recém-nascido por asfixia e ter enrolado o corpo dele em um tapete. Depois de ser ouvida pela Polícia Civil, ela foi liberada. O crime teria ocorrido em Sericita, na Zona da Mata, no dia 2 de agosto deste ano. 

De acordo com a Polícia Militar, a mulher seguia para Belo Horizonte em um táxi. Próximo de Sabará, o motorista do carro recebeu uma ligação dos agentes para que parasse em um posto policial da região. O motorista, então, se dirigiu ao posto da PRF da cidade.

Ao desembarcar do carro, a mulher confessou o crime aos policiais. Ela disse ter tirado a vida da criança, que não teve sexo informado, porque teve relacionamento extraconjugal com um homem. Falou ainda que estava com medo do amante e da reação da família dela.

De acordo com o tenente Tiago Silva, do 11º Batalhão de Manhuaçu, a mulher disse ainda que não queria a criança. “Ela disse que não desejava a criança por já ter dois filhos. Por isso, a asfixiou até a morte”, relatou o policial.

Por isso, escondeu a gravidez durante toda o período da gestação. Ao sentir as contrações, ela mesma realizou o parto, enforcou a criança, enrolou o corpo dela em um tapete e a deixou na varanda da casa onde morava. 

Caso foi descoberto por locadora

A Polícia Militar informou que recebeu uma ligação de uma mulher que alugava a casa para a suspeita na cidade de Sericita. Ela relatou aos agentes que, ao fazer a limpeza da casa após a mudança da inquilina, sentiu forte odor vindo da varanda da residência.

Desconfiada do que poderia ter ocorrido, uma vez que a inquilina havia comentado com ela que estava grávida e que o feto havia morrido, a mulher ligou para a polícia. “Quando os policiais chegaram na casa, encontraram o feto em estado avançado de decomposição. Então, fizeram contato com o taxista, que parou o carro onde a mulher viajava”, afirma.

A mulher foi encaminhada para a delegacia de Plantão de Santa Luzia. A Polícia Civil informou que abriu inquérito e que a investigação está em andamento na Delegacia de Polícia Civil de Abre Campo.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Sabará - MG
Atualizado às 13h50 - Fonte: Climatempo
30°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 32°

29° Sensação
4.9 km/h Vento
34.5% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias