Terça, 28 de Setembro de 2021 14:12
(31) 99129-8046
Anúncio
POLÍCIA Operação Ladros

Operação Ladros prende grupo que se passava por policiais para invadir residências em Sabará e outras cidades

as investigações começaram a partir de um roubo no distrito de Ravena, em 1º de maio

20/07/2021 13h18
225
Por: Redação Fonte: PCMG
Operação Ladros prende grupo que se passava por policiais para invadir residências em Sabará e outras cidades

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) indiciou quatro homens, com idades entre 24 e 35 anos, pelos crimes de roubo e associação criminosa em operação batizada de Ladros.  Eles são suspeitos de se passar por policiais civis para entrar em residências e praticar os assaltos. Conforme levantado pela polícia, o grupo teria envolvimento em pelo menos dez casos, entre eles, no distrito de Ravena, pertencente a Sabará, Ponte Nova e Acaiaca, na Zona da Mata, além de Barão de Cocais, Bom Jesus do Amparo, Congonhas, Itabira e Mariana, na região Central. Todos foram presos.

De acordo com a delegada Larissa Nunes Mayerhofer Lima, titular da 1ª Delegacia em Sabará, as investigações começaram a partir de um roubo no distrito de Ravena, em 1º de maio. No mesmo mês, dia 23, houve outro registro similar na localidade. “Os suspeitos atuam da seguinte forma: eles chegam à residência, aos finais de semana, se apresentam como policiais civis, usando camisa com o escrito ‘Polícia Civil’ – mas não é a nossa vestimenta oficial – e falam que ali se encontra um foragido da Justiça, para ludibriar as vítimas e assim conseguirem ter acesso ao interior do imóvel”, explicou.

Uma vez dentro das propriedades, geralmente em área rural, os suspeitos anunciavam o roubo. “Em Sabará, por exemplo, eles amarraram as vítimas com fios elétricos e presilhas, apontando armas, exigiram que elas fornecessem cartões bancários e senhas, e conseguiram fazer transferências bancárias. Ameaçaram de sequestrar crianças, filhas dos moradores, dizendo que as colocariam dentro do carro e as deixariam na estrada. Levaram, ainda, aparelho de televisão e celulares”, contou a delegada. Os prejuízos às vítimas são estimados em R$ 120 mil.

Segundo Larissa Mayerhofer, a equipe de investigação de Sabará se dirigiu a outras cidades, como Ponte Nova, e obteve, com apoio dos policiais civis no município, outros elementos. “Nós conseguimos angariar mais informações que fortaleceram a nossa investigação. Foi um trabalho investigativo feito com inteligência policial e estratégia, utilizando os recursos da PCMG, que possibilitou identificar os suspeitos”, informou a delegada.  

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Sabará - MG
Atualizado às 14h12 - Fonte: Climatempo
31°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 32°

30° Sensação
4.9 km/h Vento
34.5% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias