Sexta, 14 de Maio de 2021
(31) 99129-8046
EDUCAÇÃO INFÂNCIA

Os baixinhos estão entediados em casa?

Que tal colocar eles para brincarem com jogos de tabuleiro no “Dia Mundial da Infância”

21/03/2021 09h12 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: ATC COMUNICAÇÃO | APPA
Hojé é o “Dia Mundial da Infância”
Hojé é o “Dia Mundial da Infância”

APPA e Iepha/MG lançam jogos de tabuleiro no “Dia Mundial da Infância”. Conhecendo o patrimônio cultural de Minas Gerais de forma lúdica, divertida e segura.

No dia 21 de março, é celebrado o “Dia Mundial da Infância”. A data foi criada pela Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância – e tem como objetivo conscientizar a sociedade acerca da importância desta fase da vida.

O direito à infância ressalta o direito ao brincar. Afinal, toda criança tem o “direito a brincar e a divertir-se, cabendo à sociedade e às autoridades públicas garantir a ela o exercício pleno desse direito.” 

Nesse sentido, por meio das ações de “Promoção do Patrimônio” previstas no Termo de Parceria celebrado entre a APPA e o Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), foram desenvolvidas para celebrar a data, considerando as condições impostas pelo distanciamento social. Assim, o Palácio da Liberdade e a Fazenda Boa Esperança pretendem chegar aos lares de muitas crianças, alinhando ludicidade, entretenimento e educação para a cidadania e para o patrimônio

Foram criados dois jogos de tabuleiro com o objetivo é explorar elementos das paisagens culturais ao redor dessas edificações, estimulando a fruição, a apropriação dos espaços e o comprometimento com as medidas de segurança sanitária. Ao mesmo tempo, os jogos servem como um convite para as crianças significarem e ressignificarem os locais onde vivem, a partir das referências culturais que trazem consigo, potencializando memórias individuais e coletivas. 

Nos tabuleiros são reproduzidos percursos que partem de pontos estratégicos do entorno desses espaços, como a Serra dos Mascates, em Belo Vale/MG, e a Praça da Liberdade, em Belo Horizonte/MG. Tudo associado a uma linguagem infantil. A ideia é motivar a visitação aos espaços, quando forem reabertos, conscientizando as pessoas sobre as medidas preventivas contra a Covid-19

Nos percursos, prevê-se avanços e recuos, caso o jogador, por exemplo,  não use máscara, não lave as mãos e/ou descumpra orientações relativas ao distanciamento social. Além disso, propõe-se contemplar a paisagem, interagir com os outros integrantes do grupo e preservar espécies da região. Cabe ainda, para avançar, relacionar memórias olfativas e/ou gustativas aos ambientes rurais ou urbanos, como o cheiro da pipoca nas praças da cidade ou o sabor das mexericas no cotidiano belovalense. 

A identidade visual dos jogos foi inspirada nos materiais institucionais dos espaços, flipbook do Palácio da Liberdade e do mapa em aquarela da Fazenda Boa Esperança. Os jogos são acompanhados por um tabuleiro, dado e peões para até 05 (cinco) jogadores.

Clique no link abaixo e divirta-se: 

Jogos de tabuleiro sobre patrimônio cultural mineiro – APPA

Sobre a APPA: organização de fins não econômicos que, há mais de 28 anos, desenvolve sonhos em iniciativas culturais e de promoção do patrimônio, ao gerir mais de R$150 milhões, captados junto ao setor público e privados, destinados a mais de 250 iniciativas, que têm beneficiado inúmeras pessoas. Para mais informações, acesse www.appa.art.br ou @appaarteecultura (Facebook, Instagram e LinkedIn).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias