QUARTA-FEIRA, 02 DE DEZ DE 2020
Untitled Document
NOTICIÁRIO - SAÚDE
21 DE OUTUBRO DE 2020
Previsão do Ministério da Saúde é que a partir de janeiro vacinas para Covid-19 estarão disponíveis

Sabará continua na Onda Amarela e registra 57 óbitos pela doença

O governador Romeu Zema participou no dia 20 de outubro de uma reunião, por videoconferência, com o ministro da Saúde, Eduardo Pazzuelo, para discutir o desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19. A previsão, de acordo com Pazzuelo, é que a vacinação comece a partir de janeiro de 2021 por meio do Programa Nacional de Imunizações do SUS.

"O Ministério da Saúde garantiu que teremos vacina para os brasileiros a partir de janeiro do ano que vem, o que é um alento para os governadores. Para nós, o que interessa é ter uma vacina eficaz e com agilidade na produção. O estado de Minas já conta com um plano de contingência para garantir a distribuição a todos os mineiros", afirmou o governador Romeu Zema.

O ministro da Saúde afirmou que vai incluir a vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com um laboratório chinês no cronograma de vacinação. A ideia é que sejam adquiridas 46 milhões de doses na primeira fase de produção, ainda este ano.

Segundo o Ministério da Saúde, o governo federal também já fechou acordo para a compra de cerca de 210 milhões de doses de vacinas em 2021. A produção da vacina está sendo feita pela Universidade de Oxford e acompanhada pela Fiocruz. As vacinas estão em fase final de estudos e comprovação científica de sua eficácia para, posteriormente, serem registradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Além delas, o Ministério da Saúde também apresentou os estudos e acompanhamentos realizados para a criação de outras vacinas a partir de parcerias com institutos de pesquisa, ciência e tecnologia do Brasil com empresas nacionais e internacionais.

Fonte: Agência Minas

Sabará continua

na Onda Amarela

O município aderiu ao programa Minas Consciente (Plano de Flexibilização das Atividades Econômicas do Governo do Estado), e flexibilizou alguns setores considerados não essenciais, Sabará ainda permanece na Onda Amarela, portanto, bares e restaurantes estão autorizados a funcionar com consumo no local e sem apresentações de música ao vivo e transmissão de jogos pela televisão. Mas alguns estabelecimentos estão descumprindo o decreto municipal.

DENÚNCIA

A Folha de Sabará recebeu diversas denúncias de shows que estão sendo realizados nos últimos fins de semanas em um estabelecimento localizado na praça Melo Vianna, no qual houve aglomeração de pessoas até a madrugada. Entramos em contato com o prorietário para esclarecimentos, mas até o fechamento desta edição ele não nos deu retorno. De acordo com a Secretaria Municipal de Defesa Social, não foi registrada nenhuma denúncia em relação a este fato. A Secretaria ressaltou em nota, que a participação da comunidade nesse processo é muito importante. As denúncias de aglomeração em bares e restaurantes que estão descumprindo o decreto municipal podem ser feitas pelos telefones da Guarda Municipal 153 e (31) 3671-1649 e Polícia Militar 190.

Números da Covid-19

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura no dia 19 de outubro, em seu perfil oficial numa rede social, Sabará tem 1.376 casos confirmados, 1.040 recuperados e 57 óbitos. A Secretaria de Estado de Saúde divulgou no boletim de 21 de outubro que Minas Gerais registra 340.502 casos confirmados, 308.574 recuperados e 8.554 pessoas morreram da doença.

SAÚDE
03 DE JULHO DE 2020
Meu Herói é você
28 DE AGOSTO DE 2020
Sabará adere ao Minas Consciente
26 DE JUNHO DE 2020
Por favor, fiquem em Casa!
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados