QUARTA-FEIRA, 25 DE NOV DE 2020
Untitled Document
NOTICIÁRIO - SAÚDE
07 DE MAIO DE 2020
Uso de máscara é obrigatório na cidade

Sabará adota novas medidas de proteção contra a covid-19

Desde que a cidade decretou Situação de Emergência em Saúde devido a pandemia da Covid-19, a população convive com as mudanças de hábitos e costumes. O ir e vir ficou restrito com as medidas de isolamento social, as ruas e praças ficaram vazias e ações de proteção foram necessárias para evitar a propagação do vírus.

Para conter o avanço da contaminação a Prefeitura de Sabará, seguindo orientações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, publicou no dia 22 de abril, o decreto 2020/2020 tornando, por tempo indeterminado, o uso obrigatório de máscaras. As máscaras de proteção deverão ser usadas em locais públicos, transporte coletivo, estabelecimentos comerciais, indústrias e serviços do município.

Segundo o prefeito de Sabará, Wander Borges, a prioridade é garantir a vida das pessoas. “Estamos lidando com um inimigo desconhecido, muito mais que um decreto para rigidez da lei é conscientizar a sociedade, como um todo, da necessidade do uso de máscaras e do isolamento social”, enfatizou.

O decreto regulamenta também o acesso de clientes aos estabelecimentos comerciais, onde está autorizada a entrada de uma pessoa a cada 13 metros quadrados. Vale ressaltar que os estabelecimentos autorizados a entrada de clientes são somente os considerados essenciais (supermercados, padarias, farmácias, sacolões, mercearias, armazéns, açougues e postos de combustível). O site da Prefeitura disponibilizou um modelo de cartaz que deverá ser afixado nos estabelecimentos, o endereço é o www.sabara.mg.gov.br. Nos demais estabelecimentos continua vedada a entrada de clientes. Para os serviços de saúde, clínicas, laboratórios e hospitais não se aplica esta limitação, devendo ser respeitada a distância mínima de dois metros. Em todos os locais deverão ser adotadas as medidas de segurança sanitária dispostas nos decretos já existentes.

Perguntado se a Prefeitura fará alguma fiscalização sobre o uso obrigatório de máscaras de proteção, a administração municipal informou que alinhou com a Guarda-Municipal e Polícia Militar ações de conscientização abordando as pessoas que transitam pelas ruas. “O trabalho é mais educacional e cultural, é preciso que a comunidade seja corresponsável no combate a pandemia”, explicou o prefeito Wander Borges.

Antes de se tornar obrigatório o uso de máscara, a Prefeitura de Sabará distribuiu máscaras de proteção para a população de baixa renda que precisa se deslocar para os serviços essenciais (supermercados, padarias, farmácias, bancos). Cerca de 2 mil máscaras foram doadas pela Associação Comunitária Vilas Reunidas (ASCOMVILAS) e pela empresa RHP Fofiori de Nova Serrana. A Prefeitura quer ampliar a distribuição de máscaras à comunidade e está negociando com associações e costureiras do município a aquisição de máscaras de tecidos.

Uma campanha educativa para orientar os mototaxistas sobre os riscos da transmissão e cuidados com os passageiros, principalmente, com a higienização dos capacetes, também fez parte das ações de combate ao coronavírus. Houve distribuição de hipoclorito de sódio (para desinfecção dos capacetes), toucas e máscaras, além de panfletos com orientações. Carros de som circulam pela cidade orientando os moradores. Desde o mês passado a prefeitura realiza a higienização e assepsia nos locais públicos e de maior circulação da população, como postos de saúde, hospitais, ruas e praças.

Campanha de produção de máscara caseira

A Prefeitura de Sabará lançou uma campanha de incentivo à produção caseira de máscaras de tecido que, segundo o Ministério da Saúde, o uso delas têm sido um forte aliado contra a contaminação. Ressaltando que a ação mais efetiva para evitar a disseminação da COVID-19 ainda é o isolamento social. Esta alternativa é válida somente para a população, e não para os profissionais de saúde.

Campanha de

produção de

máscara caseira

Dicas de como fazer máscara de tecido e higienizá-la

Para cumprir a missão de proteção contra o coronavírus, serve qualquer pedaço de tecido, vale desmanchar aquela camiseta velha, calça antiga, cortina, enfim, o tecido que tiver.

Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto.

A máscara é individual. Não pode ser compartilhada com ninguém, nem com mãe, filho, irmão, marido, esposa, etc. Então, se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua peça.

Ela pode ser usada até ficar úmida. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano.

Mas atenção! A máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face.

Use-a sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar. Chegando em casa, lave as máscaras usadas com água sanitária. Deixe de molho por cerca de 30 minutos.

Suspensão aulas

Desde o início da suspensão das aulas, a Prefeitura de Sabará tem seguido as diretrizes da Secretaria Estadual de Educação. Ainda não há previsão de retorno.

Para muitos alunos a merenda escolar é a principal refeição, ciente disso, a prefeitura destinou todo o estoque para os alunos mais vulneráveis, seguindo os critérios referenciados pela Secretaria de Desenvolvimento Social. Autorizou também a compra de 12 mil cestas de alimentos para as famílias dos alunos da rede municipal de ensino. Em breve, a prefeitura divulgará o cronograma de distribuição das cestas.

Números da Covid-19

Segundo o Comitê Sabarense de enfrentamento ao Coronavírus, há uma redução significativa nos números de casos suspeitos, bem como, os números de internações suspeitas de Covid-19 que devem estar diretamente ligadas às medidas de restrição social implantadas no município desde 17 de março.

De acordo com atualização da Secretaria de Saúde de Sabará, a cidade tem 14 casos confirmados, em investigação são 16 e dois óbitos estão sendo investigados.

No Estado, no mesmo período, foram notificados, de acordo com o Governo de Minas, 1.758 casos confirmados, 81.728 seguem em investigação e 80 pessoas morreram da doença.

ATENÇÃO

É falso o informativo sobre distribuição de cestas básicas pelo CRAS

A Prefeitura de Sabará informa que é falsa a informação que circula nas redes sociais a respeito de doação de cestas básicas por meio do CRAS. A administração municipal pede que não acessem o link divulgado, pois pode se tratar de golpe.

SAÚDE
03 DE JULHO DE 2020
Meu Herói é você
28 DE AGOSTO DE 2020
Sabará adere ao Minas Consciente
26 DE JUNHO DE 2020
Por favor, fiquem em Casa!
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados