SEXTA-FEIRA, 10 DE JUL DE 2020
Untitled Document
NOTICIÁRIO - POLÍCIA
04 DE MARÇO DE 2020
Presos serão transferidos do presídio de Sabará, na Grande BH, por risco de rompimento de barragens

A prefeitura de Sabará emitiu uma nota agora no fim da noite cobrando informações do Governo do Estado sobre esta notícia que acabou alarmando a população

Segundo a reportagem da rádio Itatiaia, deve acontecer nos próximos dias a transferência de todos os detentos do presídio de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, devido ao risco de rompimento de barragens que podem afetar a cidade. A informação foi apurada pela Itatiaia.

No total, são 180 presos que serão remanejados para diversas unidades prisionais do estado.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) confirma a transferência em massa por meio de sua assessoria e afirma que a evacuação é uma medida preventiva que faz parte de um plano de emergência, uma vez que a unidade prisional fica em uma área que pode ser atingida pelo rompimento de nove barragens, algumas em níveis 2 e 3 de risco. Não há previsão de quando o presídio poderá receber os presos novamente.

Prefeitura cobra informações sobre transferência de detentos

A Prefeitura de Sabará vem a público solicitar ao Governo do Estado, mais precisamente a Secretaria de Estado de Justica e Segurança Pública (SEJUSP)sobre a transferência de detentos do presidio de Sabarál, de forma preventiva, em função do risco de rompimento de barragens, conforme noticiado na imprensa na noite desta quarta feira (04/03). Em nenhum momento os orgãos oficiais do municipio foram informados de tal medida e a noticia vem alarmando toda a população.

De acordo com informações cedidas pela Rádio Itatiaia, a ação faz parte de um Plano de Emergência, resultado de um estudo sobre as unidades prisionais que ficam em áreas afetadas em caso de rupturas de barragens de rejeitos de minério.

De acordo com a Sejusp, no caso de Sabará, a unidade prisional pode sofrer o impacto de rupturas de nove diferentes barragens. Algumas destas estruturas encontram-se em níveis 2 e 3 de emergência, exigindo, desta forma, que a Sejusp realize como medida preventiva a desativação do Presídio de Sabará.

Esta ação tem caráter preventivo e está prevista em plano de ação, dada à dificuldade de se realizar a transferência, em tempo célere, de pessoas que se encontram em ambientes prisionais.

A Prefeitura solicita informações sobre quais são, onde estão localizadas e quais os estados de emergência de cada barragem citada pela Sejusp. Tais informações são fundamentais para informar e tranquilizar a população que se encontra alarmada diante de tal notícia.

Nenhuma descrição de foto disponível.

POLÍCIA
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados