SEXTA-FEIRA, 18 DE SET DE 2020
Untitled Document
NOTICIÁRIO - GERAIS
04 DE FEVEREIRO DE 2020
COPASA MG isenta imóveis atingidos pelas chuvas de janeiro em Minas Gerais

Com o objetivo de minimizar a grave situação que a população vem passando. Uma solicitação ao governador Romeu Zema para que o mesmo solicite a Copasa o benefício da taxa mínima aos moradores das áreas atingidas pela enchente devido ao alto consumo de água para limpeza de suas residências foi encaminhada pelo o prefeito Wander Borges nos primeiros dias após as chuvas.

O Governo de Minas Gerais e a Copasa MG, sensíveis às dificuldades dos clientes que tiveram seus imóveis atingidos pelas enchentes deste janeiro de 2020, informam as condições de isenção de pagamento das contas de água e esgoto para imóveis residenciais, comerciais e prestadores de serviços essenciais, conforme artigo 94 da Resolução 40 de 2013 da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (Arsae- MG), nos limites autorizados pela Agência em 31 de janeiro de 2020.

As condições variam de acordo com a situação de cada imóvel:

Imóveis que desabaram e/ou que foram condenados

- Isenção da conta com referência 02/2020, com vencimento a partir de 11 de fevereiro de 2020.

- Nesses casos, a Copasa MG fará o corte do abastecimento e o cliente não precisará se preocupar, pois não receberá novas faturas.

- Os imóveis condenados e que passarem por obras poderão solicitar a religação sem custo.

Imóveis interditados temporariamente, PERTENCENTES à categoria Tarifa Social

- Isenção da conta com referência 02/2020, com vencimento a partir de 11 de fevereiro de 2020. Além disso, haverá isenção das três contas após a religação, desde que a religação aconteça em até 180 dias após o corte de abastecimento.

Imóveis interditados temporariamente, NÃO PERTENCENTES à categoria Tarifa Social

- Isenção da conta com referência 02/2020, com vencimento a partir de 11 de fevereiro de 2020. Além disso, haverá isenção da primeira fatura após a religação da água, desde que a religação aconteça em até 90 dias após o corte de abastecimento.

Imóveis que continuam em condições de uso/moradia, mas sofreram inundação, havendo dano ou perda de bens móveis, PERTENCENTES à categoria Tarifa Social

- Isenção da conta com referência 02/2020, com vencimento a partir de 11 de fevereiro de 2020, assim como das contas com referência 03/2020, com vencimento a partir de março de 2020; com referência 04/2020, com vencimento a partir de abril de 2020; e com referência 05/2020, com vencimento a partir de maio de 2020.

Imóveis que continuam em condições de uso/moradia, mas sofreram inundação, havendo dano ou perda de bens móveis, NÃO PERTENCENTES à categoria Tarifa Social

- Isenção da conta com referência 02/2020, com vencimento a partir de 11 de fevereiro de 2020, assim como isenção da conta referência 03/2020, com vencimento a partir de março de 2020.

ATENÇÃO:

• Serão beneficiados apenas imóveis pertencentes às categorias Social, Residencial e Comercial, exceto grandes usuários.

• Os custos de tamponamento (corte de abastecimento) e religação dos imóveis que foram condenados não terão custo para o cliente.

• Suspensão de débitos em atraso por dois meses, exceto para a categoria Social, que serão suspensos por quatro meses.

• Os clientes não precisarão se deslocar até a agência no município, uma vez que a equipe da Copasa já está fazendo a avaliação e a listagem dos imóveis afetados.

GERAIS
27 DE NOVEMBRO DE 2019
Rede de Notícias do Sindijori MG
05 DE FEVEREIRO DE 2020
Um mar de lama
27 DE ABRIL DE 2015
Rede Sindijori de Comunicação
18 DE OUTUBRO DE 2016
19 DE JUNHO DE 2019
REDE DE NOTÍCIAS SINDIJORI
15 DE JULHO DE 2020
SABARÁ TERÁ FESTIVAL VIRTUAL
02 DE MARÇO DE 2020
Rede de Notícias do Sindijori MG
30 DE SETEMBRO DE 2019
Rodada Empresarial IFMG
29 DE JUNHO DE 2020
Bem-vindo a Sabará
07 DE MAIO DE 2020
Prazo para pagamento do IPVA
04 DE OUTUBRO DE 2019
Planejamento sucessório em debate
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados