DOMINGO, 08 DE DEZ DE 2019
Untitled Document
NOTICIÁRIO - MEIO AMBIENTE
30 DE SETEMBRO DE 2019
ArcelorMittal inaugura Estação de Tratamento de Esgoto

Compromissada com a sustentabilidade, a ArcelorMittal inaugurou em Sabará no último dia 11 de setembro, um Projeto de Sistemas de Tratamento de Efluentes Líquidos. O resultado é o tratamento do esgoto sanitário produzido na siderurgia, gerando uma água de qualidade, saudável e segura, pronta para ser reutilizada nas atividades de limpeza, descarga e até mesmo na jardinagem.

O projeto contempla três Estações de Tratamento de Efluentes Sanitários (ETEs) compactas e dimensionadas de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas. O sistema tem operação contínua e automatizada. As ETEs foram testadas satisfatoriamente, atingindo mais de 90% de eficácia. Os sistemas de tratamento de esgoto somados têm a capacidade de tratar 30m³/dia de esgoto.

De acordo com a analista de Meio Ambiente, Lucíola Maurem Santos, com a reutilização da água tratada a empresa contribui com a preservação ambiental e ainda reduz os custos, uma vez que o consumo de água nova é reduzido.

A analista explica que a implantação das ETEs está alinhada com as 10 Diretrizes de Sustentabilidade da ArcelorMittal. Como destaque tem-se a Diretriz nº. 05 que traz em seu texto o Usuário confiável do ar, da terra e da água: O ar, a terra e a água são recursos compartilhados essenciais. O crescimento da população mundial tornará a gestão desses recursos cada vez mais importante.

“Compartilhá-los com responsabilidade – e ter a confiança dos nossos vizinhos para fazermos isso – é fundamental para o nosso futuro como empresa. As operações de aço e mineração têm impactos no uso da terra, na água e nas emissões atmosféricas. O ar, a terra e a água que usamos não existem isoladamente, são partes fundamentais do capital natural que compartilhamos com as comunidades ao nosso redor, que também os utilizam antes, durante e depois de nossa empresa. Essas comunidades esperam, com razão, que nossas operações realizem altos padrões de gestão desses recursos. Atender a essas expectativas é fundamental para que possamos construir relacionamentos, ganhar confiança e manter nossa licença social para operar”, diz.

Participaram da inauguração das ETEs o diretor de Trefilação Eduardo Diniz; o gerente da unidade Rodrigo Linhares; a gerente de Meio Ambiente e Coprodutos Luciana Magalhães; a analista de Meio Ambiente Lucíola Santos; o prefeito Wander Borges; a secretária de Meio Ambiente Andrea Saraiva e a secretária de Educação Vânia Leal.

ENTENDA O FUNCIONAMENTO

As Estações de Tratamento de Efluentes Sanitários são indicadas para o tratamento de esgoto sanitário - doméstico, e objetiva a remoção da matéria orgânica presente no esgoto por processo biológico, gerando um efluente enquadrado nas exigências legais.

A técnica implantada consiste em uma tecnologia de tratamento baseada em um sistema anaeróbio-aeróbio, constituída por Reator Anaeróbico e Lodos ativados, sendo este um processo de elevada eficiência na remoção de matéria orgânica (DBO e DQO) que garante níveis de aceitabilidade dentro de uma expectativa de 95%. Diante desse processo, os efluentes tratados poderão ser reutilizados ou descartados no meio ambiente sem causar impacto.

Além disso, esse sistema garante a remoção de detergentes aos níveis previstos na legislação federal e nas legislações estaduais e municipais. As estações de tratamento contam ainda com um sistema UV que é uma solução moderna e de desinfecção de água que combate a contaminação microbiana inativando bactérias, vírus e outros organismos patogênicos, evitando que se reproduzam e provoquem outros riscos à saúde.

MEIO AMBIENTE
29 DE MAIO DE 2019
Revitaliza Barão
03 DE OUTUBRO DE 2019
Projeto: Nossa água, nossa vida!
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados