DOMINGO, 08 DE DEZ DE 2019
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
28 DE AGOSTO DE 2019
5ª Edição da Festa Literária de Sabará homenageia o escritor sabarense Luiz Alves

Entre os dias 21 e 25 de agosto as ruas históricas da cidade foram tomadas de muita literatura, poesia, música e homenagens. A quinta edição da FLIS (FESTA LITERÁRIA DE SABARÁ) foi realizada pela Borrachalioteca com direção de Túlio Damascena em parceria com a Prefeitura de Sabará, que apresentaram atrações variadas, como lançamento de livros, mesas de debate sobre projetos de incentivo à leitura, rodas de conversa com escritores e ilustradores, saraus, narração de histórias, música de qualidade, tudo bem pensado para que cada um mergulhasse no universo maravilhoso da literatura.

O homenageado deste ano foi o colunista da Folha de Sabará e escritor sabarense Luiz Alves dos Santos, autor de diversos gêneros, como poesia, conto, cordel, teatro, entre outros.

A logomarca do evento foi feita pelo grande artista plástico sabarense, Jupira, que presenteou o festival com obra representando alguns cenários históricos da cidade.

A novidade foi a estreia do selo editorial da Borrachalioteca que agora também irá realizar a edição de livros, além da sua bandeira do fomento e acesso ao livro, leitura e literatura.

O primeiro título editado pelo “Selo Borrachalioteca” é o livro “O Homem do Trombone - e outros textos teatrais”, escrito pelo homenageado Luiz Alves.

A festa iniciou com um lançamento coletivo de livros esse ano trazendo os seguintes autores: Bruna Longobucco, Iza Santana, Rafael Aquino, Marília Campos, Graça Oliveira, Mauro Brandão, Olegário Alfredo, Dilma Mallard Scaldaferri, Frederico Luiz Moreira e Kelly Amaral de Freitas. Nos outros dias de programação aconteceram rodas de conversas com nomes da literatura mineira como Olavo Romano, Gustavo Nolasco, Caio Junqueira Maciel.

Como em todos os anos, a festa divulga a literatura também de uma maneira diferente através do projeto “Pão e Poesia” que fornece as padarias do município embalagens de pão com poesias para se começar bem o dia. Esse ano foram distribuídas 20 mil unidades.

De acordo com o fundador do festival Túlio Damascena, a Festa Literária de Sabará é o momento de comemorar com toda a cidade às ações culturais e principalmente de incentivo à leitura que acontecem ao longo do ano na biblioteca comunitária. “Este é o momento em que a cidade respira literatura", diz Túlio.

Borrachalioteca Ponto de Cultura

A Borrachalioteca é uma biblioteca comunitária criada em 2002, no interior de uma borracharia no bairro Caieira, em Sabará.

Hoje, o acervo e os serviços estão distribuídos por duas unidades – a sede no bairro Caieira e a Sala Son Salvador, que há dez anos existe no bairro Cabral e, hoje, também abriga a Cordelteca “Olegário Alfredo”. São oferecidos empréstimos de livros, oficinas culturais, apresentações artísticas, exposições de cordel e mediações de leitura.

Desde 2013 faz parte da Rede de Bibliotecas Comunitárias Sou de Minas, Uai! – um coletivo de bibliotecas que atua em Belo Horizonte, Betim, Sabará e Santa Luzia.

A Borrachalioteca é a primeira biblioteca comunitária a pensar e organizar uma festa literária – a FLIS (Festa Literária de Sabará), que acontece anualmente desde 2015.

CULTURA
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
26 DE MARÇO DE 2019
História, Saúde e Sabor
29 DE AGOSTO DE 2019
Exposição Son Salvador
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados