DOMINGO, 08 DE DEZ DE 2019
Untitled Document
NOTICIÁRIO - POLÍCIA
12 DE JULHO DE 2019
Policial civil é suspeito de maus-tratos a animais em abrigo em Sabará

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deflagrou hoje, 11 de julho, uma operação para reprimir maus-tratos a cães em um abrigo particular situado na zona rural de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. A ação foi organizada pela 2ª Promotoria de Justiça de Sabará, com o apoio da Coordenadoria Estadual de Defesa da Fauna (Cedef), do Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais (Nucrim) e da Central de Apoio Técnico (Ceat) do MPMG.

No abrigo, foram encontrados 48 cães de grande e médio portes em situação de maus-tratos. Os animais receberam cuidados médicos veterinários emergenciais prestados pelos profissionais que acompanharam a diligência. Além disso, foram realizados exames clínicos e laboratoriais para a verificação das condições dos bichos.

A operação contou com o apoio da Polícia Militar de Meio Ambiente e da Corregedoria da Polícia Civil, uma vez que o investigado é policial Civil. Para a ação, que cumpriu mandados de busca e apreensão autorizados pela Vara Criminal de Sabará, foram mobilizados 40 policiais civis e militares, duas promotoras de Justiça, quatro médicos veterinários do MPMG e três da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), além de quatro auxiliares de veterinária.

O investigado compareceu ao MPMG, prestou declarações e assinou Termo de Ajustamento de Conduta preliminar por meio do qual se obrigou a adotar medidas emergenciais, sob a orientação de médico veterinário, para assegurar o bem-estar dos cães. O policial civil ainda se comprometeu a entregar os cães para adotantes indicados pelo Ministério Público. Em breve serão divulgados os animais disponíveis para adoção.

A apuração dos fatos ocorreu no âmbito de Procedimento Investigatório Criminal do MPMG, que teve início em 14 de novembro de 2018.

Fonte: Cedef

POLÍCIA
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados