TERÇA-FEIRA, 13 DE NOV DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CALENDÁRIOS E EVENTOS
30 DE OUTUBRO DE 2018
Concurso abre Festival de Jabuticaba 2018

A melhor geleia, o melhor licor e o produto mais inovador. Esses foram os derivados da jabuticaba avaliados na última terça-feira, 23, por chefes renomados, especialistas em gastronomia, técnicos da Emater e profissionais da área no concurso que elege o melhor e mais saboroso de cada categoria.

O concurso que aconteceu na Fazenda Arraial Velho é uma realização da EMATER e abriu a programação do Festival de Jabuticaba deste ano. Embora a empresa vem auxiliando a elaboração do concurso há muitas edições, foi a partir de 2017 que a Emater passou a ser a responsável por sua realização.

A nutricionista, Ediene Letícia da Fonseca, responsável pela área de Bem Estar Social da Emater, diz que a escolha em realizar o concurso antes do festival, foi para dar a oportunidade para as produtoras acompanharem de forma mais tranquila. Ela explica que a maioria dos jurados convidados trabalha direta ou indiretamente com a gastronomia. Esses especialistas avaliam vários aspectos dos produtos. A geleia, por exemplo, é avaliada sua consistência, textura, sabor, odor, aroma e características gerais. Já o licor deve se avaliar o teor alcoólico, cor, sabor, odor, entre outros. O produto inovação, além de todas essas características, é avaliado a comerciabilidade. “A intenção é que os jurados, sendo donos de buffets e restaurantes, incorporem esses produtos em seus cardápios”, destaca.

Os jurados elogiaram muito a iniciativa do evento e a elaboração dos produtos.

A extencionista da Emater de Ouro Preto, Geralda Berenice Esteves Lima, avaliou os licores, ela disse que estavam deliciosos. “Sabores diferenciados, mas cada um com algo especifico que encanta”, ressaltou. Em relação ao festival ela destacou que é uma oportunidade de resgatar a cultura dos municípios e agregar valor aos produtos. “Nós da Emater queremos inovar e mostrar isso para sociedade”, diz.

Madalena Pimentel, proprietária do Fraterno Gastrô Buffet, era só elogios para os licores e também ressaltou a importância de eventos gastronômicos como o Festival da Jabuticaba. “Trabalhar essa fruta que representa toda uma cultura e o modo de ser, não é só fomento para o Turismo, mas para própria gastronomia e economia local. É de extrema importância incentivar os produtores locais”, destacou.

Hadassah Oliveira, profissional em gastronomia, avaliou as geleias é aprovou os sabores. Disse que é um grande prazer participar como jurada de um concurso, mas também tem que se abrir o paladar.

Luan Henrique dos Santos, proprietário da Benza’Deus, produtora de geleias artesanais, que também avaliou o produto, destacou que eventos como esse, além de valorizar os produtos feitos na cidade, valoriza o município como um todo. “ Festivais como esse traz crescimento econômico e também valoriza as pessoas. É de extrema importância”, ressalta.

Já o chef de cozinha Israel Drumond foi um dos jurados da categoria inovação, ele ficou completamente encantado com o que experimentou. “ Os produtores estão de parabéns, acertaram em cheio. Os produtos me surpreenderam, ficou maravilhoso”. Ele ressaltou também a importância de valorizar os pequenos e médios produtores e parabenizou Sabará pela realização do festival.

Participaram do evento 12 produtoras das 27 que compõem a ASPRODEJA (Associação dos Produtores de Derivados de Jabuticaba de Sabará) Foram avaliados 12 itens de cada categoria. O resultado será divulgado no dia 18 de novembro, último dia do festival, às 12h.

Festival da

Jabuticaba

O evento este ano terá um dia a mais. Acontecerá entre os dias 15 e 18 de novembro, no Centro Histórico, onde será montado um verdadeiro circuito gastronômico e cultural com a venda de fruta fresca, seus derivados e pratos elaborados por chefes de cozinha de quinta a domingo. Barracas de comidas diversificadas, além de muitas atrações culturais, completam a programação do evento.

Um dos maiores atrativos do festival é o “Cozinha Show”. Durante quatro dias, o público poderá assistir as oficinas apresentadas na Praça Melo Viana, totalmente gratuitas. Serão apresentadas 17 receitas de chefs renomados como Ivo Faria,Edson Pulati, Flávio Trombino e Léo Paixão, considerado o embaixador da gastronomia de Minas.

Meire Ribeiro, presidente da Asprodeja, destaca que a novidade do festival este ano será a Vila do Artesanato, um espaço que será montado na rua Luiz Cassiano, onde os visitantes poderão conhecer o mais significativo do artesanato sabarense. Além disso, terão dois espaços dedicados à alimentação, nas praças Melo Viana e Santa Rita, para atender melhor o público. Meire ressalta ainda que o público poderá apreciar as cervejas artesanais sabarenses, algumas com jabuticabas. Ela ainda ressalta outra novidade: bikejabu. Uma bicicleta que levará pessoas com dificuldade de locomoção da Avenida Prefeito Vitor Fantini até o evento, passando pela Rua Dom Pedro II.

Para finalizar, Meire conta que o trabalho começou em janeiro e que a Asprodeja juntamente com a Prefeitura está empenhada na organização, realizando reuniões semanais entre todos os atores envolvidos. Em relação ao trânsito que foi um grande gargalo apontado no último ano, Meire destaca que estão tentando resolver da melhor forma possível. “Serão mais de 50 agentes de trânsito para orientar as pessoas. Além disso, a Praça do Barão, o Largo do Marques e a Nova Avenida serão destinados para estacionamento”, conclui.

CALENDÁRIOS E EVENTOS
07 DE JULHO DE 2015
Vem aí Sabará Rock Bier 2015
02 DE FEVEREIRO DE 2016
PROGRAMAÇÃO DE CARNAVAL 2016
21 DE MARÇO DE 2016
II Festa RETRÔ
08 DE FEVEREIRO DE 2018
A irreverência do Carnaval sabarense
07 DE MAIO DE 2018
Cores, fé e tradição
08 DE FEVEREIRO DE 2018
Fique por dentro do que vai rolar!
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados