SÁBADO, 20 DE OUT DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - POLÍCIA
07 DE JUNHO DE 2018
Polícia Militar realiza intenso trabalho no combate à criminalidade na cidade

Os militares do 61º Batalhão têm realizado um trabalho sensacional em Sabará e nas cidades de Caeté, Nova União e Taquaraçu de Minas, área onde atuam, e tem alcançado excelentes resultados na queda da criminalidade.

Nos quatro primeiros meses de 2018 tivemos uma queda significativa no número de crimes violentos na cidade, quem afirma é o Comandante do 61º Batalhão da Policia Militar, tenente-coronel Mauro Lúcio. A redução da criminalidade começou a se destacar em 2017, foram 22% na redução do crime violento, destaque para o crime de rua que teve uma queda de 27% em relação a 2016.

O comandante diz que o ano de 2018 iniciou com um grande desafio, reduzir em cima da redução, utilizando as mesmas ferramentas, ou seja, o mesmo quantitativo de viatura e pessoal. Logo, a corporação adotou algumas ações com o objetivo da queda de criminalidade.

A primeira ação adotada foi a postura de “seguir o crime”, que significa aprofundar na apuração de alguns crimes violentos, mapeado a área de ocorrência e as características do autor do crime. “Temos que responder algumas perguntas como: Quem é esse autor? Onde ele mora? Próximo onde ocorreu o crime existe ponto de tráfico? Existem áreas de vulnerabilidade? Fazendo este mapeamento fica mais fácil capturar o autor do crime, as viaturas bloqueiam aquela região. Muitas prisões este ano foram feitas dessa forma”, explica o comandante.

Apesar de ter iniciado 2018 com o mesmo efetivo, em março chegaram 13 novos policiais para o batalhão, todos atuam em Sabará. Com um maior número de policiais foi montado a Operação Presença. Dez policiais formam o grupo de força de manobra que atuam em uma localidade especifica, onde normalmente acontece maior número de crimes. O tenente explica que a presença dos militares circulando pelas ruas da cidade inibi a ação dos bandidos. Este grupo também está sendo usado em eventos da cidade, como, por exemplo, no Festival de Ora-pro- Nóbis, onde, além do pelotão presença, foram empenhados 65 militares e nenhuma ocorrência foi registrada nos três dias de festa. Além disso, o batalhão recebeu cinco novas viaturas através de emendas parlamentares.

Outra questão que contribuiu foi a presença de mais um tenente para fazer a coordenação do empenho das viaturas. Até ano passado apenas um militar fazia essa coordenação nas quatro cidades da corporação. Hoje, Sabará tem uma pessoa específica para isso, enquanto o outro profissional fica por conta das cidades de Nova União, Taquaraçu de Minas e Caeté.

Segundo o tenente-coronel, outro fator que contribuiu para a redução da criminalidade foram as prisões feitas em 2017. “Alguns bandidos contumaz, aqueles mais conhecidos, foram presos e isso ajudou a reduzir o número de crimes”.

Entre as ocorrências de destaque Mauro Lúcio destaca a apreensão de quase 800 kg de maconha, feita no início de abril no Rosário. A droga estava enterrada em uma área de mata. “Esta apreensão deixou o traficante que vende droga a varejo sem o produto, contribuindo com a queda da criminalidade”, ressaltou.

Através de todas essas ações, a Policia Militar conseguiu 12,9% de redução da criminalidade em relação ao mesmo período de 2017 na área do 61º Batalhão. Já em Sabará a queda foi ainda mais acentuada, chegando a 18%. O comandante afirma que se pegarmos os números do ano passado com os deste ano chegamos a uma redução de 34% dos crimes violentos. Entre eles estão o homicídio, roubo, sequesto, extorsão, estupro, tentativa de sequestro e estupro de vulnerável.

Além disso, o comandante afirma que o Batalhão tem feito uma boa gestão de desempenho operacional o que tem contribuído para apresentar bons indicadores de segurança. Para isso sete ações estão sendo executadas:

- Interação Comunitária: a relação da Polícia Militar com a comunidade através de reuniões com a comunidade, só este ano foram realizadas mais de 200 reuniões. Essa relação dá força às redes de proteção e aumenta o número de denúncias.

- Atendimento à vítima do crime: é o atendimento feito pela Policia Militar alguns dias após o crime, chamado também de visita tranqüilizadora. O policial vai até a casa da vítima e a ouve no sentido de traquilizá-la e obter mais informações sobre o criminoso.

- Lei Seca: realização de blitz com a utilização do bafômetro, reduzindo o crime no trânsito.

- Apreensão de armas: Só este ano foram apreendidas 39 armas de fogo. Em 2017 mais de 240 armas foram apreendidas

- Reação imediata: quando a prisão é feita logo após a prática do crime. Neste ponto a contribuição da comunidade é essencial. É importante que a vítima acione a polícia imediatamente. Só este ano foram 55 prisões efetuadas dessa forma.

- Repressão Qualificada da Violência: Operações com eficiência,eficácia e efetividade. Realização de blitz com checagem completa o que contribui na apreensão de armas e drogas.

Diante de todo esse trabalho a Polícia Militar através da 61º Batalhão tem conseguido trazer mais segurança para a população sabarense, mas, mais uma vez o tenente-coronel Mauro Lúcio enfatiza que a participação da comunidade é essencial, por isso é importante que haja denúncias e registros de ocorrências de furtos e roubo, porque só dessa forma vamos conseguir, pelo menos, abaixar a criminalidade e viver com segurança.

Disque Denúncia: 181

Polícia Militar: 190

POLÍCIA
14 DE NOVEMBRO DE 2017
Segurança Pública em Sabará
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados