QUARTA-FEIRA, 17 DE JAN DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma

Sabarense lança livro inspirado em sonho e destina lucro para compra de tomógrafo

Na última sexta-feira, 29, Fernando Ramos Eliseu lançou seu primeiro livro: “Diário de uma Alma”. O lançamento aconteceu no Restaurante Bar Ôco com a presença de amigos e familiares do escritor. A obra ajudará uma causa nobre, toda a renda alcançada será destinada ao Rotary Internacional para a compra de um tomógrafo para o Hospital da Baleia.

Fernando que pela primeira vez se aventurou pelo mundo da literatura conta que o que o inspirou a escrever o livro foi um sonho que teve em 2005. “Esse livro partiu de um sonho. Foi um protetor que me orientou, chamado Zé de Clovis, ele que intermediou a história do personagem e eu escrevi. Ele me acompanhou durante toda a escrita”, conta.

A questão espiritual gerou um conflito na vida do escritor que sempre foi e continua sendo católico. “Meu lado católico ficou conflitante. Eu falava: ‘Gente, eu não posso estar vivendo isso! ’Mas depois a gente consegue compreender e vê que não tem como evitar”.

Fernando diz que o livro conta a história de Antônio que em um passado recente teve alguns casos amorosos, mas que agora ele teve a oportunidade de resgatar e acertar suas dívidas, para que em uma próxima vida ele possa viver mais tranquilo e em paz.

Durante os 11 anos que o livro levou para ser construído, muitas coisas foram acontecendo para que se concretizasse da forma que tinha que ser. “Tudo correu ao seu tempo. O livro foi aflorando. Não dependia só de mim, tinha que ter uma sequência espiritual”, diz.

Mas o sonho, a inspiração e as interferências de Zé de Clovis tinham um motivo maior. “Este livro, sempre foi dito a mim que seria doado para alguma instituição. Então o intuito era esse”. Quando o livro ficou pronto, o escritor passou a oferecer para algumas instituições, mas nenhuma aceitou. O que o escritor achou muito estranho.

A explicação viria durante uma reunião do Rotary Jaraguá. Integrante do clube com sua esposa há seis anos, Fernando encontraria no Rotary o caminho para a doação de seu livro. “Nessa reunião nós recebemos a visita de uma coordenadora do Hospital da Baleia pedindo a contribuição para a compra de um tomógrafo que custa U$ 180 mil. Então o Rotary Barro Preto e Jaraguá aderiram à campanha, junto com outros clubes de Rotary do Brasil. Foi aí que me veio a luz. Então decidi passar toda a arrecadação do livro para a causa”, conta.

Quando a causa é boa os caminhos se abrem. A edição do livro pela editora Del Rey ficaria em R$ 12 mil, mas Fernando conseguiu um belo desconto, já que seria para doação, o serviço saiu por R$ 4 mil. Ele conseguiu um apoio de R$ 800. O restante foi financiado por seus recursos próprios. “As portas foram se abrindo e o livro tornando realidade”, diz.

Foram impressos 750 exemplares. A venda será feita através do Rotary Club ou pelo próprio escritor. Quem se interessar pode procurar o Rotary Sabará, o próprio escritor através do telefone: 9 9726 1732 ou Maria Bonita: 99842-4137

CULTURA
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
08 DE JUNHO DE 2017
Festa de letras e encanto
07 DE AGOSTO DE 2017
Paixão por contrastes e misturas
31 DE OUTUBRO DE 2017
Dez anos do Sarau de Sabará
20 DE FEVEREIRO DE 2017
Aerofusca com muitas novidades
20 DE FEVEREIRO DE 2017
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma
13 DE OUTUBRO DE 2017
Entre duas Pátrias
03 DE FEVEREIRO DE 2017
Contando, cantando e encantando
26 DE DEZEMBRO DE 2017
Paixões de uma vida em livros
03 DE FEVEREIRO DE 2017
Encontro de Bordadeiras é um sucesso
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Poeta das imagens
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados