QUARTA-FEIRA, 14 DE NOV DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - EDUCAÇÃO
28 DE SETEMBRO DE 2017
Escolas do município são as primeiras de Minas Gerais a testarem aplicativo de controle da qualidade

No dia 5 de setembro as 46 escolas públicas de Sabará receberam a visita de técnicos do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) que apresentaram para a comunidade escolar o aplicativo Na Ponta do Lápis. O programa desenvolvido para celulares e tabletes faz arte do Projeto Na ponta do lápis: a Escola na formação, o Tribunal na fiscalização voltado para o controle da Educação Pública, lançado pelo TCE-MG no dia 31 de março deste ano.

A diretora de Tecnologia da Informação do TCEMG, Cristiana Siqueira, afirmou em matéria divulgada pelo Tribunal que os testes foram bem sucedidos e no dia seguinte à coleta os bancos de dados do Tribunal de Contas foram alimentados e já puderam apresentar os resultados desse primeiro levantamento. A coordenadora do Na Ponta do Lápis, Naila Mourthé, ressaltou que a partir de agora esse projeto ganha uma amplitude e o aplicativo vai possibilitar que as pessoas tenham a possibilidade de efetiva participação na cobrança da qualidade da educação.

Em todas as escolas pesquisadas, os alunos responderam pelo aplicativo, junto com os técnicos do TCEMG, a um questionário sobre a qualidade da biblioteca, sala de aula, segurança da escola, dentre outras perguntas. O “Na Ponta do Lápis” é uma ferramenta focada no controle da qualidade da educação.

Já no dia 12 de setembro o presidente do Tribunal de Contas, Cláudio Terrão e a equipe do projeto se reuniram com o prefeito Wander Borges, onde foi apresentado o aplicativo para as avaliações colhidas nas 46 escolas da cidade durante a fase de testes do programa.

Também no dia 12, 160 educadores da Rede Pública de Sabará estiveram no TCE-MG para conhecerem mais sobre o aplicativo.

Para a direção da Escola Estadual Dona Bilú Figueiredo o aplicativo pode contribuir na supervisão geral da escola, onde os próprios alunos podem apontar alguns problemas e repassar para direção para tentar resolver e também para o Tribunal de Contas, através de fotos e depoimentos. Outra questão levantada pela direção é que através do aplicativo o TCE pode se informar melhor sobre os valores repassados pelo Estado e União para as escolas. Como terá acesso com mais facilidade a pequenos problemas, como uma telha quebrada, até questões maiores, poderá avaliar se a verba é realmente suficiente para a manutenção.

Para a professora Elaíne da Silva Alves da Escola Municipal Edith Costa, o aplicativo é uma boa forma de unir comunidade e Pode Público em benefício das escolas. A professora ressalta que tanto servidores quanto comunidade local e escolar poderão apontar irregularidades e demandas, urgentes ou não, que beneficiem a escola. Sendo assim o gestor pode ou não tomar providência, mas o TCE analisará as informações e poderá ou não acionar o gestor.

Segundo divulgação do TCE-MG, o município de Sabará foi escolhido para os testes do aplicativo por fazer parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, por permitir o deslocamento de vários servidores do Tribunal ao mesmo tempo e por ser uma cidade que possui estrutura suficiente para os primeiros testes do aplicativo.

O lançamento oficial da ferramenta tecnológica Na Ponta do Lápis será na próxima terça-feira, dia 26.

EDUCAÇÃO
11 DE MAIO DE 2015
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados