QUARTA-FEIRA, 17 DE JAN DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - MEIO AMBIENTE
28 DE SETEMBRO DE 2017
Usina de Biogás é inaugurada em Sabará

Na última quinta-feira, 14, foi inaugurada no Aterro Sanitário Macaúbas a Usina de Biogás da Asja Brasil que tem a capacidade de gerar em média 46 mil MW de energia por ano, correspondente ao consumo anual de 25 mil famílias. A usina transformará o gás gerado pelo lixo depositado no aterro em energia renovável.

A planta foi projetada e construída pela Asja Brasil em parceria com a Macaúbas Meio Ambiente S.A., empresa do grupo Vital Engenharia Ambiental. O projeto de alta relevância ambiental tem como objetivo evitar a dispersão na atmosfera do metano CH4 (um dos principais gases causadores do efeito estufa, 25 vezes mais poluente do que o dióxido de carbono CO2) e produzir energia elétrica verde.

O aterro sanitário da CTR Macaúbas ocupa uma superfície de 1 milhão de m² e entrou em operação em novembro de 2005, com previsão de operação superior a 40 anos, acumulando até hoje mais de 12 milhões de m³ de resíduos sólidos urbanos de Sabará, Belo Horizonte e diversas outras cidades da região metropolitana.

A planta já está em operação, começou em caráter de teste em junho de 2017, e toda a energia gerada é injetada na rede de distribuição de energia elétrica, através da Cemig, parceira do projeto. O empreendimento tem uma rede de captação no aterro de 110 poços verticais que faz com que o biogás que antes era queimado e jogado para a atmosfera, passe a ser transportado para a usina, sendo tratado e transformado em energia 100% renovável. Nesta primeira etapa do projeto, a energia gerada evitará a emissão na atmosfera de 380 mil toneladas de CO2, equivalente a emissão de 180 mil automóveis em um ano.

A Usina de Sabará é a terceira da Asja Brasil instalada no país, sendo a mais moderna e a que possui maior capacidade de produção. A empresa possui usina em Belo Horizonte que tem a potência de 1.4MW e Uberlândia com capacidade de 2.8 MW. Por ser totalmente automatizada a nova usina de Sabará conta apenas quatro funcionários.

Durante a solenidade de inauguração o prefeito Wander Borges lembrou a instalação do aterro sanitário em 2005 e as dificuldades encontradas naquele momento e ressaltou que a parceria feita à época foi acertada. “Nós acertamos, haja vista agora com a instalação dessa importante usina de biogás, que nos remete à possibilidade de um ar de melhor qualidade”, ressaltou. Wander salientou ainda que a geração de energia limpa é uma mudança permanente na qualidade de vida de toda sociedade.

O presidente da Vital Engenharia Ambiental, Antônio Carlos Salmeron, ressaltou que é uma honra participar do evento e fazer parte dessa parceria. Ele destacou que o meio ambiente deve ser tratado da forma que ele merece. “Além de tratarmos dos resíduos da Região Metropolitana de Belo Horizonte, agora estamos gerando energia limpa e emitindo menos poluição atmosférica para região”, disse.

Para o CEO da Asja, Alessandro Casale, os benefícios são inúmeros. “Esta planta coleta o biogás produzido pelos resíduos, aumentando, assim, a segurança do aterro sanitário. Com isso, melhora a qualidade do ar, transformando toneladas de metano em um recurso precioso, com amplo melhoramento em toda a região, seja no nível econômico, seja no social”, destacou.

Finalizando o presidente do Grupo Asja na Itália, Agostino Re Rebaudengo, que estava presente à inauguração ressaltou que é muito bonito ver aqui no país a preocupação com o meio ambiente e com a sustentabilidade não só com a geração atual, mas também com as futuras gerações. Ele agradeceu a todos os envolvidos no empreendimento.

MEIO AMBIENTE
06 DE OUTUBRO DE 2017
Horário de Verão será mantido
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados