SEGUNDA-FEIRA, 21 DE AGO DE 2017
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
08 DE AGOSTO DE 2017
Projeto social trabalha com a melhora de autoestima de crianças e adolescentes

Superar, esse é o nome do projeto idealizado pelo psicólogo e pastor Evanézio Miranda com o objetivo de tirar crianças e adolescentes da ociosidade e afastá-los da criminalidade, já que vivem em situação de vulnerabilidade. “A finalidade é não deixar que as crianças se percam e resgatar aqueles que por algum motivo já se enveredaram para o caminho das drogas”, diz pastor Cláudio Nascimento, um dos voluntários.

O projeto acontece todos os sábados das 8h às 12h na quadra da Rua Montes Claros, bairro Vila são José, em General Carneiro. Cerca de 60 crianças e adolescentes participam das atividades semanalmente, já foram realizados mais de 100 inscritos, mas não são todos que aparecem toda semana.

As atividades desenvolvidas estão ligadas ao esporte e a cultura. Todos os encontros são abertos com uma palestra. Evanésio diz que nessas palestras são abordados temas como respeito aos idosos, racismo, relação familiar, o perigo das drogas e da criminalidade. Pastor Cláudio ministra algumas palestras, ele diz que a princípio os meninos só queriam saber das brincadeiras, mas agora eles estão mais receptivos e gostam da conversa. “Eu lembro que no primeiro dia, perguntei para eles qual era o sonho de cada um. Teve um menino que falou: ’Eu quero se bandido’. Isso me chocou. Então comecei a mostrar que eles podem ser muito melhor. Falamos muito da nossa vida, já que fomos criados em General, assim como eles e estudamos, nos formamos e hoje estamos ali passando coisas boas para eles, mostrando que eles são capazes de irem longe. Contar sempre a nossa história é uma ferramenta”, diz Cláudio.

Pastor Evanésio diz que o projeto entra para cobrir a lacuna deixada pelo Estado que vezes é ausente e também pela família que por muitas vezes é totalmente desestruturada. “Nós da comunidade temos essa função social de contribuir. Eu estudei na faculdade por cinco anos através do prouni, então me vejo na obrigação de retribuir para sociedade. O que me inquieta é pensar que tenho que fazer algo por alguém. O que me adianta ter título, se não faço nada por ninguém”, ressalta.

A principal atividade física do projeto é o futebol, já que a maioria das crianças gosta do esporte, mas também tem outras brincadeiras e sala de jogos diversos para os menores e para aqueles que não curtem muito o futebol.

Além dos voluntários, o projeto recebe apoio de pequenos comerciantes do bairro que ajudam com lanche e outras necessidades.

Como o projeto existe há apenas quatro meses, ainda está precário em alguns pontos. Os envolvidos dizem que precisam de bolas, material esportivo de forma geral, uniformes, jogos de tabuleiro e qualquer tipo de colaboração. Eles dizem que o lanche é fundamental, já que muitas crianças já vão para o projeto contando com o lanche, pois muitos não comem nada antes de sair de casa.

Eles contam com um apoio maior da Prefeitura que até o momento contribui com o espaço. O objetivo é regularizar a ONG, pois dessa forma terá um recurso assegurado e maior podendo contribuir ainda mais com a comunidade.

Para aqueles que querem participar do projeto basta comparecer na quadra sábados pela manhã e se inscreverem.

Mais informações através dos telefones: 99765 8132 (pastor Evanézio) ou 99338 5874 (pastor Cláudio)

CULTURA
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
08 DE JUNHO DE 2017
Festa de letras e encanto
07 DE AGOSTO DE 2017
Paixão por contrastes e misturas
20 DE FEVEREIRO DE 2017
Aerofusca com muitas novidades
20 DE FEVEREIRO DE 2017
29 DE SETEMBRO DE 2016
“Crônicas de Uma Cidade”
03 DE FEVEREIRO DE 2017
Contando, cantando e encantando
03 DE FEVEREIRO DE 2017
Encontro de Bordadeiras é um sucesso
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados