SÁBADO, 18 DE AGO DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
07 DE AGOSTO DE 2017
“A orquestra já nos chamou...Abri meu coração, tremeu o chão...”

O último sábado, 29, o sabarense pôde mais uma vez se encantar com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais que se apresentou na cidade pelo segundo ano seguido. A noite fria e chuvosa não foi suficiente para espantar o público da Praça Melo Viana que compareceu em grande número para assistir um belíssimo espetáculo. Em 2016, a apresentação foi um sucesso, com a presença de mais de 2.500 pessoas e este ano não foi diferente.

Sob a regência do maestro Marcos Arakaki o público apreciou um repertório, marcado pela diversidade, com obras como Pompa e Circunstância: Marcha nº 1, de Elgar; A danação de Fausto: Marcha Húngara, de Berlioz; Rosamunde: Abertura, de Schubert;Tik-Tak Polka, de J. Strauss Jr.; Condor: Abertura, de Carlos Gomes; Eugene Onegin: Valsa, de Tchaikovsky; Rapsódia Húngara nº 2, de Liszt; e Carmem: Prelúdio, de Bizet e fechando magistralmente com o infalível "Tico-tico no fubá" de Zequinha de Abreu no bis.

O evento é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas Gerais e AngloGold Ashanti, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. As ações contam com o apoio das prefeituras locais.

“Um dos objetivos da AngloGold Ashanti, na sua atuação junto às comunidades, é promover e valorizar a cultura nas cidades onde a empresa opera. As apresentações da Filarmônica são uma rica oportunidade de assistir a uma apresentação de qualidade internacional”, ressalta Camilo Farace, vice-presidente da AngloGold Ashanti Brasil.

Para o maestro associado da Filarmônica, Marcos Arakaki, os concertos de praças são uma forma do público se aproximar da Orquestra por meio de informações e histórias que serão importantes para o conhecimento da música clássica.

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Com quase dez anos de vida, a Filarmônica de Minas Gerais recebeu sete prêmios de cultura e desenvolvimento social, efetivando-se como um dos projetos mais bem-sucedidos de Minas Gerais e do Brasil no campo da música erudita.

Sob a direção artística e regência titular de Fabio Mechetti, a Orquestra é atualmente formada por 90 músicos provenientes de todo o Brasil, Europa, Ásia, Américas Central, do Norte e Oceania, selecionados por um rigoroso processo de audição.

Desde a sua criação, em 2008, até junho de 2017, a Filarmônica realizou 672 concertos, com execução de 890 obras de compositores brasileiros e estrangeiros para mais de 874 mil pessoas, sendo que mais de 43% do público pode assistir às apresentações gratuitamente em praças da Região Metropolitana de Belo Horizonte e em 96 concertos no interior de Minas. O impacto desse projeto artístico durante os anos também pode ser medido pela geração de 60 mil oportunidades de trabalho direto e indireto.

CULTURA
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
08 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
31 DE OUTUBRO DE 2017
Dez anos do Sarau de Sabará
05 DE MARÇO DE 2018
Carnaval da paz e da Alegria
05 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
29 DE MARÇO DE 2018
Mensageiros da paz e da alegria
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma
13 DE OUTUBRO DE 2017
Entre duas Pátrias
27 DE JULHO DE 2018
A arte de bordar
26 DE DEZEMBRO DE 2017
Paixões de uma vida em livros
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Poeta das imagens
05 DE MARÇO DE 2018
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados