SÁBADO, 22 DE SET DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - GERAIS
19 DE ABRIL DE 2017
Fórum pode sair do Centro Histórico

No dia 16 de março, uma reunião no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) discutiu a possibilidade da construção de um novo Fórum para o município. Estavam presentes à reunião o presidente do TJMG, desembargador Herbert Carneiro, o prefeito Wander Borges e a diretora do Foro da Comarca de Sabará, juíza Veruska Rocha Mattedi Lucas, da Vara Criminal.

Logo que soube da reunião, parte da população da cidade ficou temerosa, pois a maior preocupação é que o Fórum seja retirado do Centro Histórico, o que de fato poderia trazer prejuízos para a região central. Contudo, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais e a Prefeitura de Sabará não responderam quais são os possíveis locais para a construção do novo Fórum.

O Tribunal de Justiça afirma que a construção de um Fórum em Sabará é uma prioridade. Em nota o órgão disse que há uma negociação em curso entre a Prefeitura e o Tribunal para definir onde será o terreno que vai abrigar o prédio. O TJMG ainda ressalta que para implantação de um fórum são avaliadas a economicidade, sustentabilidade, acessibilidade, estrutura para manter a capacidade atual de atendimento com possibilidades de expansão da mesma, boa localização, conforto e segurança para a comunidade e representantes de instituições parceiras que frequentam as instalações.

Em relação à construção de fóruns, o TJMG provê o projeto da obra e o seu custeio, fiscalizando também a execução dos serviços.

Segunda a juíza Veruska Mattedi, a construção de um novo Fórum se faz mais do que necessária, pois a comarca apresenta um elevado número de processos e por isso é importante que haja um maior espaço físico, já que a atual estrutura não está suportando. A juíza ressalta que um novo prédio, maior e mais bem estruturado, possibilitará melhor atendimento à população, trazendo dessa forma mais comodidade para a comunidade. A magistrada destaca ainda que com uma melhor estrutura, a cidade pode de repente até ganhar futuramente uma nova vara, melhorando ainda mais os serviços judiciários.

Atualmente, a comarca dispõe de uma vara criminal e de duas varas cíveis, sendo que uma tem competência para julgar feitos da infância e da juventude e outra julga execuções fiscais.

Além dos já citados, também compareceram ao encontro o juiz auxiliar da Presidência, Carlos Donizetti Ferreira da Silva, o presidente da Câmara de Vereadores de Sabará, Valtair Rodrigues, o procurador municipal, Ítalo Henrique, e o secretário municipal de Administração, Hamilton Alves.

GERAIS
25 DE SETEMBRO DE 2017
Carnaval dos Enxutões
08 DE FEVEREIRO DE 2018
TÁ TUDO ERRADO
27 DE ABRIL DE 2015
Rede Sindijori de Comunicação
18 DE OUTUBRO DE 2016
31 DE OUTUBRO DE 2017
Uma tradição milenar
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Quanto custa morrer?
03 DE JANEIRO DE 2018
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
28 DE SETEMBRO DE 2017
28 DE SETEMBRO DE 2017
ACESSO PARA TODOS
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados