SÁBADO, 15 DE DEZ DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
19 DE ABRIL DE 2017
Teatro Municipal troca de figurino

Um dos orgulhos de Sabará, a Casa da Ópera, construída em meados do século XIX, já recebeu visitas ilustres como os imperadores D. Pedro I, em 1831 e D. Pedro II, em 1881. O prédio sempre teve seu uso associado às manifestações artísticas e culturais: nasceu como teatro, passou a cine-teatro e bar, voltando a teatro e casa de espetáculos. É um dos mais antigos teatros brasileiros do chamado tipo italiano ou elisabetano.

Em outubro de 2016 o teatro fechou suas portas para uma completa reforma e restauração, mas é claro, manterá sua essência e originalidade elisabetana.

De acordo com o IPHAN, a obra está em fase intermediária. As intervenções já realizadas se deram principalmente na parte externa, tendo havido a remoções das telhas de cerâmicas do hall, execução de fundações, preparação do terreno (regularização e acerto), drenagem subterrânea,execução das instalações hidráulicas para os novos banheiros, levantamento de parede para o anexo onde esses novos banheiros serão instalados e execução de muro de arrimo em concreto na base do imóvel. Internamente, foram removidos o forro do hall e as peças sanitárias localizadas no camarim e instalados pisos em lajotas cerâmicas rústicas na circulação lateral do nível plateia.

O órgão afirma que a obra de restauração prevê a manutenção das características originais do prédio, como as técnicas construtivas tradicionais utilizadas e os elementos decorativos em madeira. Ao mesmo tempo, foi necessário buscar a adaptação do teatro às exigências atuais de conforto, segurança e acessibilidade ao usuário. O anexo lateral receberá novas instalações sanitárias e terá linguagem contemporânea, com a intenção de diferenciar a construção atual da edificação antiga. Todos os elementos do teatro, como cobertura, pisos, forros, portas, janelas, serão reparados, haverá repintura de alvenarias, da estrutura de madeira aparente e dos elementos metálicos.

Alem disso, todas as instalações elétricas, luminotécnicas, de sonorização, segurança, prevenção e combate a incêndio serão adequadas de forma a garantir o bom funcionamento do teatro. E ainda uma rota acessível a pessoas portadoras de necessidades especiais e mobilidade reduzida em todos os níveis do teatro, e outra rota específica para os artistas. As instalações sanitárias também serão devidamente equipadas para atender à acessibilidade universal.

O recurso total do investido na restauração é de R$1.954.047,26, oriundo do Governo Federal através do Pac da Cidades Históricas. Ainda de acordo com o IPHAN, a previsão é de que as obras tenham duração de 450 dias. Tendo se iniciado em outubro de 2016, em janeiro de 2018 a obra deverá ser concluída.

Como a teatro está com as portas fechadas, a cidade está sem espaço cultural. O Cine Bandeirante continua fechado, por quê? As peças teatrais da Arcelor Mittal estão paradas sem local para serem apresentadas. Os formandos estão sem lugar para Colação de Grau. As brigas políticas continuam atrapalhando a vida do cidadão sabarense. Precisamos arrumar uma saída.

CULTURA
08 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
05 DE MARÇO DE 2018
Carnaval da paz e da Alegria
05 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
29 DE MARÇO DE 2018
Mensageiros da paz e da alegria
27 DE JULHO DE 2018
A arte de bordar
26 DE DEZEMBRO DE 2017
Paixões de uma vida em livros
05 DE MARÇO DE 2018
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados