SEXTA-FEIRA, 24 DE NOV DE 2017
Untitled Document
NOTICIÁRIO - GERAIS
18 DE OUTUBRO DE 2016
REDE SINDIJORI DE INFORMAÇÃO

Saúde

Virou um estacionamento

Lançadas em 2003, as unidades de pronto atendimento, chamadas de UPAS, são clínicas financiadas pelo Ministério da Saúde para desafogar hospitais de urgências no tratamento de infarto e derrame. Para construir uma UPA, a União normalmente financia prefeituras, que contratam a obra e compram vários aparelhos, como os de raio X e os eletrocardiógrafos. Para funcionar, a unidade precisa de um aval do ministério. Costuma ser um problemão: os técnicos federais seguem padrões elevados de acabamento das edificações. "Poucas prefeituras têm corpo técnico para contratar uma obra com esse tipo de exigência", diz o médico Carlos Suslik, consultor em gestão hospitalar. O resultado é que as construções se arrastam por anos e saem muito diferentes do orçado - o que atrasa a entrega para a população. Das 495 UPAs anunciadas pelo ministério em 2011, metade continua em obras. Há também unidades prontas, mas ainda inoperantes porque têm erros de projeto. Em Sousa, no interior paraibano, a clínica foi inaugurada em 2012 e custou 2 milhões de reais. Mas o local até hoje serve de mero estacionamento. Segundo o Ministério Público Federal, que investiga o caso, entre as irregularidades da obra está uma sala para ressonância magnética que não fazia parte do projeto original. Já as torneiras metálicas previstas foram trocadas por similares de plástico. Em nota, o ministério diz que o projeto recebeu as adequações necessárias no início de 2016. A previsão é que a UPA opere, finalmente, no fim do ano.

(Revista Exame - São Paulo - SP)

Marca Registrada

Globo perde batalha por plim plim na Europa

A TV Globo perdeu o recurso para usar seu mais famoso som característico, o "plim plim", como marca registrada na Europa. O Tribunal-Geral da União Européia, órgão associado ao Tribunal de Justiça da UE (autoridade judicial máxima do bloco), rejeitou a apelação da emissora para registrar o som. Responsável por analisar ações instauradas por particulares, empresas e algumas organizações em matéria de concorrência, aCorte manteve decisão anterior tomada pelo Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia (EUIPO, na sigla em inglês). Em 2014, o EUIPO já havia recusado a Cena de abertura do Mar Vermelho, em "Dez Mandamentos" solicitação da Globo Comunicação e Participações para registrar o som.

(Jornal da Cidade - Poços de Caldas - MG)

Desemprego

O Brasil tem atualmente um índice de desemprego acima da média mundial e mais de 11,6 milhões de desempregados em busca de recolocação no mercado. Para facilitar a procura por um emprego, a Luciana Ferreira, Coach e presidente do Grupo Elemento RH, separou algumas dicas valiosas e eficientes que podem agilizar o processo. Veja:

1 - Planeje e defina uma estratégia para enviar o currículo

Assim, como ocorre no ambiente de trabalho, é fundamental que o profissional elabore um planeje e trace uma estratégia adequada ao enviar seu currículo, assim há mais chances de chegar à pessoa e à empresa certa. Aproveite e faça duas listas, sendo uma com as empresas que você gostaria de trabalhar e outra com profissionais da sua área para contatar e ativar seu networking. Isso é fundamental para abrir novos caminhos, pois os contatos podem te ajudar.

2 - Ative seu networking

Mesmo que esteja empregado, o networking é o mais poderoso ativo não somente para quem busca recolocação, mas também para ajudá-lo em seu desenvolvimento ou em algum projeto que você tenha na carreira.

3- Mantenha o currículo atualizado

Lembre-se de que você é sua marca/produto o tempo todo, então é importante elaborar e atualizar corretamente o currículo, pois ele é o seu cartão de visitas. É por meio dele que o recrutador vai te conhecer. Procure ressaltar seus resultados e atualize suas redes sociais profissionais com estas informações.

4 - Reveja seus propósitos e desejos

Responda à pergunta: Qual a história que você quer contar para si daqui há 5 ou 10 anos? Realizar uma reflexão acerca de qual caminho irá trilhar é importante. Faça uma análise dos seus pontos fortes e fracos, das suas principais competências, do que você faria e não faria novamente e o que já realizou e ainda pretende realizar. Os recrutadores valorizam profissionais seguros a respeito de seu propósito e que conheçam o mercado rm que irão atuar.

5- Protagonize a sua carreira

Olhe para frente e veja o que precisa mudar e melhorar no âmbito profissional. Busque cursos de aperfeiçoamento, procure utilizar o tempo livre para seu desenvolver-se continuamente, procure frequentar eventos e palestras para aumentar sua rede de contatos. Seja na entrevista ou no currículo, destaque sempre características que o diferenciam no mercado. Lembre-se: Em época de procura virtual, passará a frente aquele que fará contato diferenciado via e-mail ou telefone com profissionais, convide-os para um happy hour ou café, colocando-se sempre à disposição de maneira elegante e discreta. Monitore suas atividades, faça uma planilha para organizar os contatos realizados, almoços, cadastros, data em que aconteceu, entrevistas realizadas e folow up. Uma boa sugestão: Monte um funil de oportunidades.

6 - Entrevistas

Para as entrevistas, seja disciplinado, procure chegar pelo menos 15 minutos antes do horário agendado, esteja preparado e responda as perguntas com segurança, sem esquivar-se. Se a oportunidade for temporária ou autônoma, não descarte a possibilidade, ela pode ser o primeiro passo para ingressar na empresa em questão. Procure sempre manter-se calmo e confiante, pesquise antes a empresa, seus produtos e serviços, foque em seu interesse, em suas qualidades.

(Portal NewTrade - São Paulo - SP)

Vitória de Moro por 13 a 1

Você às vezes não tem a impressão de que temos dois Brasis? Vez e sempre acho isto. O Brasil dos políticos corruptos e o Brasil dos cidadãos que batalham para sobreviverem, mesmo com a carga de impostos mais assombrosa do mundo e com as notícias diárias dos roubos perpetrados pelos bandidos do colarinho branco. Recentemente fale do país que queremos, quando da denúncia dos procuradores, enquadrando Lula no caso do triplex e da vergonhosa guarda de seus objetos por empresa envolvida na Lava Jato, a OAS. Esta empresa pagou pela armazenagem dos objetos do ex-presidente o valor de 1,3 MILHÃO. Você já parou para pensar o que é 1,3 milhão aplicado na saúde? O Lula não pensou. Aliás, o Lula só pensa no brasileiro de baixa renda quando é para fazer marketing, pois se pusermos na mesa os benefícios dados à classe menos favorecida e o dinheiro ROUBADO pelo PT e partidos aliados, veremos que o montante ROUBADO consertaria a nação. Mas hoje também, vou falar sobre o Brasil que tem dado certo, que é a justiça brasileira, principalmente a Lava Jato. Os advogados do ex-presidente entraram com um pedido tentando instaurar um Processo Administrativo Disciplinar e o afastamento do juiz Sérgio Moro das investigações contra Lula. Segundo os advogados o juiz teria cometido ilegalidades ao publicizar os grampos que envolviam o ex-presidente. Vitória de Moro por 13 a 1 -presidente. Porém o relator do processo, na Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 4a. Região (TRF4) desembargador federal Rômulo Pizzolatti, diz que "não há indícios de prática de infração disciplinar por parte de Moro". Destacou ainda que a Operação Lava Jato constitui um caso inédito no Direito brasileiro, com situações que escapam ao regramento genérico destinado aos casos comuns. "A publicidade das investigações tem sido o mais eficaz meio de garantir que não seja obstruído um conjunto, inédito na administração da justiça brasileira, de investigações e processos criminais, a Operação Lava-Jato, voltados contra altos agentes públicos e poderes privados até hoje intocados", avalia Pizzolatti. Na conclusão de seu voto, Pizzolatti voltou a destacar o ineditismo da Operação Lava Jato que, segundo ele, traz problemas inéditos e exige soluções inéditas. "Em tal contexto, não se pode censurar o magistrado, ao adotar medidas preventivas da obstrução das investigações da Operação Lava Jato. Apenas a partir do precedente do STF (Reclamação 23.457) é que os juízes brasileiros, incluso o magistrado representado, dispõem de orientação clara e segura a respeito dos limites do sigilo das comunicações telefônicas interceptadas para fins de investigação criminal", concluiu o desembargador. Mediante o relato a Corte federal rechaçou por 13 a 1, a argumentação usada pelos 19 advogados.

(Ines Valadares - Sete Lagoas-MG)

GERAIS
27 DE ABRIL DE 2015
Rede Sindijori de Comunicação
18 DE OUTUBRO DE 2016
26 DE DEZEMBRO DE 2016
COLUNA MG
05 DE JANEIRO DE 2017
REDE SINDIJORI DE COMUNICAÇÃO
25 DE SETEMBRO DE 2017
Carnaval dos Enxutões
20 DE FEVEREIRO DE 2017
Ande de acordo com a lei
29 DE AGOSTO DE 2017
AngloGold testa sirene no Pompéu
31 DE OUTUBRO DE 2017
Uma tradição milenar
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Quanto custa morrer?
01 DE FEVEREIRO DE 2017
REDE SINDIJORI DE COMUNICAÇÃO
22 DE MARÇO DE 2017
Corrente do Bem
17 DE JULHO DE 2017
Mãe Belgo
17 DE JULHO DE 2017
Cultura, diversão e inovação
17 DE JULHO DE 2017
Nova Era: ArcelorMittal
29 DE AGOSTO DE 2017
Romance em contos
28 DE SETEMBRO DE 2017
22 DE MARÇO DE 2017
Não existe hora de parar
08 DE AGOSTO DE 2017
08 DE AGOSTO DE 2017
Alerta as Prefeituras
18 DE JULHO DE 2017
Aluguel sem burocracia
28 DE SETEMBRO DE 2017
ACESSO PARA TODOS
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados