DOMINGO, 23 DE JUL DE 2017
Untitled Document
EDITORIAS - CIÊNCIA E SAÚDE
18 DE OUTUBRO DE 2016
UFMG recebe sexta edição da Chamada de Angola

Evento realizado desde 2006 tem por objetivo promover trocas de vivência entre mestres de capoeira angola e estudantes da universidade. Mestre João (Belo Horizonte/MG) e Mestre Virgílio (Ilhéus/BA) são os convidados do evento. Inscrições ficam abertas até 27 de outubro.

Estão abertas as inscrições para participação na VI Chamada de Angola: Jogo de dentro, jogo de fora. Realizado desde 2006, o evento tem como proposta criar um ambiente de troca de vivências e experiências entre a Academia e a população em geral. O evento ocorre de 27 a 29 de outubro no Campus Pampulha da UFMG e é destinado a toda a comunidade acadêmica da Universidade (estudantes, professores, servidores, terceirizados), bem como à comunidade externa (alunos de outras instituições de ensino, pessoas interessadas na temática, capoeiristas, dançarinos afro etc.).

A pré-abertura da Chamada acontecerá no dia 27, às 13 horas, com a apresentação da tese de doutorado “Campo de Mandinga: estética, ética e política na Capoeira Angola”, do cientista social e capoeirista Dimas Antônio de Souza, no auditório da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO). A pesquisa foi produzida a partir da experiência de Dimas na Associação Cultural Eu Sou Angoleiro (ACESA) somada à história de vida de Mestre João e da trajetória de 25 camaradas do grupo. Paralelamente, às 14h30 tem início uma oficina de capoeira angola destinada às crianças da UMEI Alaíde Lisboa. O Boi da Manta do grupo Irmandade da Pândega (Lagoa Santa/MG) sai em cortejo da UMEI às 16 horas em direção à Praça de Serviços. Às 17h30, acontece a abertura oficial do encontro, com o cadastramento dos participantes. Mestre Virgílio irá ministrar uma oficina de prática de ritmo às 19 horas. Após a oficina, haverá uma apresentação de Maculelê e uma roda de capoeira, seguidos de uma confraternização.

O encontro continua na sexta-feira, dia 28, no Centro Pedagógico (CP). O local receberá às 14h30 uma oficina de capoeira angola ministrada por Mestre João destinada a estudantes, a toda a comunidade universitária e a convidados, que culminará numa roda de capoeira a ser iniciada às 16 horas. O evento continua, às 19h, na Associação Cultural Casinha (espaço externo à UFMG – Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto) com a roda de conversa “Jogo de Dentro, Jogo de Fora”, analisando experiências da cultura popular no ambiente acadêmico. Em seguida, Mestre João conduzirá o espetáculo interativo “Ancestralidade”, com a Companhia Primitiva de Arte Negra (dança afro).

O seminário continua no sábado (29) na Casinha, onde ocorrerá a prática de capoeira angola com Mestre Virgílio (às 10 horas) e uma roda final de capoeira angola, às 15 horas. Haverá também uma festa de confraternização e de encerramento dos trabalhos, às 19 horas.

Idealizado pelo treinel Murcego, integrante da ACESA, desde a sua primeira edição o evento conta com a participação de mestres da Capoeira Angola de todo o Brasil. A Chamada, que ocorre de dois em dois anos, também recebe discussões no âmbito da Academia sobre os saberes e fazeres populares, e como estes podem (e devem) dialogar com o espaço da Universidade. A sexta edição do evento tem apoio da Associação Cultural Casinha, um dos núcleos de treinamento da ACESA; das equipes da UMEI Alaíde Lisboa e do Centro Pedagógico; do Departamento de Educação Física e do Centro de Extensão (Cenex) da EEFFTO; e do Programa de Apoio Integrado a Eventos (PAIE).

O investimento para os três dias da Chamada é de R$80,00. As inscrições poderão ser feitas pelo link http://bit.ly/chamada2016 . Para informações, entre em contato com o treinel Murcego pelo telefone (31) 98399-6206 ou mande um e-mail para fernandomumu77@gmail.com.

Acesse também a fanpage da ACESA – facebook.com/acesaeusouangoleiro e a página do Fim de Tarde na Casinha – facebook.com/fimdetardenacasinha .

Mestres convidados

Mestre João (Belo Horizonte/MG)

Mestre João Angoleiro (João Bosco Alves da Silva) é mestre de Capoeira Angola, bailarino afro e mestre de dança africana. É fundador da Associação Cultural Eu Sou Angoleiro e da Companhia Primitiva de Arte Negra. Sua formação é em capoeira de rua de 1975 a 1982 (Mestre Dunga, BH), Capoeira Angola (Mestre Rogério, Alemanha; e Mestre Morais, Bahia) e em Dança Africana Moderna (Mamour Ba, Senegal).

Mestre Virgílio (Ilhéus/BA)

Mestre Virgílio (José Virgílio dos Santos) exerce há mais de 70 anos a prática da capoeira, carregando consigo um grande legado da Capoeira Angola. Iniciado na capoeiragem aos nove anos de idade por Mestre Caranha, na década de 1950 foi formado Contra-Mestre por Mestre João Grande. Fundou e foi o primeiro presidente da União de Capoeiristas do Sul da Bahia – UCASUB. Atualmente, é presidente da Associação de Capoeira Angola Mucumbo (ACAM) e dá aulas de Capoeira Angola nos bairros Centro e Conquista, em Ilhéus, além de ministrar oficinas para confecção de berimbau e caxixi.

Programação

27/10/2016 – quinta-feira

Local: Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) – acesso pela Av. Carlos Luz (Catalão)

13h – Defesa da tese “Campo de Mandinga: estética, ética e política na Capoeira Angola”, do cientista social e capoeirista Dimas Antônio de Souza. Local: auditório.

Local: UMEI Alaíde Lisboa – Campus Pampulha

14h30 – Oficina de Capoeira Angola para crianças da UMEI

16h – Saída do Boi da manta na UMEI em direção à Praça de Serviços

Local: Praça de Serviços da UFMG – Campus Pampulha

17h30 – Cadastramento dos participantes

19h – Prática de ritmo com Mestre Virgílio (ACAM - Ilhéus/BA)

20h – Apresentação de Maculelê e Roda de Capoeira Angola

22h – Confraternização de abertura

28/10/2016 – sexta-feira

Local: Centro Pedagógico da UFMG – Campus Pampulha

14h30 – Prática de Capoeira Angola para estudantes, comunidade universitária e convidados com Mestre João (ACESA - Belo Horizonte/MG)

16h – Roda de Capoeira Angola com a presença dos mestres convidados

Local: Associação Cultural Casinha – local externo à UFMG

Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto (BH)

19h – Mesa de conversa, “Jogo de dentro, jogo de Fora”

21h – Espetáculo interativo de Dança Afro com a Cia. Primitiva de Arte Negra: Ancestralidade

22h – Confraternização

29/10/2016 – Sábado

Local: Associação Cultural Casinha – local externo à UFMG

Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto (BH)

10h – Prática de Capoeira Angola com Mestre Virgílio

15h – Roda de Capoeira Angola com a presença dos mestres convidados

19h – Festa de encerramento

SERVIÇO

Evento: VI Chamada de Angola

Data: 27 a 29 de outubro de 2016

Locais:

- Centro Pedagógico, UMEI Alaíde Lisboa, Praça de Serviços e EEFFTO* - Campus Pampulha da UFMG: Av. Antônio Carlos, 6.627, Pampulha, BH

- Associação Cultural Casinha: Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto, BH

* O acesso à Escola de Educação Física se dá pela portaria da Av. Carlos Luz (Catalão)

Investimento: R$ 80,00

CIÊNCIA E SAÚDE
02 DE JULHO DE 2015
17 DE JUNHO DE 2016
Centenário Helena Greco
22 DE NOVEMBRO DE 2016
Rede Sindijori de Comunicação
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados