SÁBADO, 20 DE OUT DE 2018
Untitled Document
EDITORIAS - CIÊNCIA E SAÚDE
18 DE OUTUBRO DE 2016
UFMG recebe sexta edição da Chamada de Angola

Evento realizado desde 2006 tem por objetivo promover trocas de vivência entre mestres de capoeira angola e estudantes da universidade. Mestre João (Belo Horizonte/MG) e Mestre Virgílio (Ilhéus/BA) são os convidados do evento. Inscrições ficam abertas até 27 de outubro.

Estão abertas as inscrições para participação na VI Chamada de Angola: Jogo de dentro, jogo de fora. Realizado desde 2006, o evento tem como proposta criar um ambiente de troca de vivências e experiências entre a Academia e a população em geral. O evento ocorre de 27 a 29 de outubro no Campus Pampulha da UFMG e é destinado a toda a comunidade acadêmica da Universidade (estudantes, professores, servidores, terceirizados), bem como à comunidade externa (alunos de outras instituições de ensino, pessoas interessadas na temática, capoeiristas, dançarinos afro etc.).

A pré-abertura da Chamada acontecerá no dia 27, às 13 horas, com a apresentação da tese de doutorado “Campo de Mandinga: estética, ética e política na Capoeira Angola”, do cientista social e capoeirista Dimas Antônio de Souza, no auditório da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO). A pesquisa foi produzida a partir da experiência de Dimas na Associação Cultural Eu Sou Angoleiro (ACESA) somada à história de vida de Mestre João e da trajetória de 25 camaradas do grupo. Paralelamente, às 14h30 tem início uma oficina de capoeira angola destinada às crianças da UMEI Alaíde Lisboa. O Boi da Manta do grupo Irmandade da Pândega (Lagoa Santa/MG) sai em cortejo da UMEI às 16 horas em direção à Praça de Serviços. Às 17h30, acontece a abertura oficial do encontro, com o cadastramento dos participantes. Mestre Virgílio irá ministrar uma oficina de prática de ritmo às 19 horas. Após a oficina, haverá uma apresentação de Maculelê e uma roda de capoeira, seguidos de uma confraternização.

O encontro continua na sexta-feira, dia 28, no Centro Pedagógico (CP). O local receberá às 14h30 uma oficina de capoeira angola ministrada por Mestre João destinada a estudantes, a toda a comunidade universitária e a convidados, que culminará numa roda de capoeira a ser iniciada às 16 horas. O evento continua, às 19h, na Associação Cultural Casinha (espaço externo à UFMG – Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto) com a roda de conversa “Jogo de Dentro, Jogo de Fora”, analisando experiências da cultura popular no ambiente acadêmico. Em seguida, Mestre João conduzirá o espetáculo interativo “Ancestralidade”, com a Companhia Primitiva de Arte Negra (dança afro).

O seminário continua no sábado (29) na Casinha, onde ocorrerá a prática de capoeira angola com Mestre Virgílio (às 10 horas) e uma roda final de capoeira angola, às 15 horas. Haverá também uma festa de confraternização e de encerramento dos trabalhos, às 19 horas.

Idealizado pelo treinel Murcego, integrante da ACESA, desde a sua primeira edição o evento conta com a participação de mestres da Capoeira Angola de todo o Brasil. A Chamada, que ocorre de dois em dois anos, também recebe discussões no âmbito da Academia sobre os saberes e fazeres populares, e como estes podem (e devem) dialogar com o espaço da Universidade. A sexta edição do evento tem apoio da Associação Cultural Casinha, um dos núcleos de treinamento da ACESA; das equipes da UMEI Alaíde Lisboa e do Centro Pedagógico; do Departamento de Educação Física e do Centro de Extensão (Cenex) da EEFFTO; e do Programa de Apoio Integrado a Eventos (PAIE).

O investimento para os três dias da Chamada é de R$80,00. As inscrições poderão ser feitas pelo link http://bit.ly/chamada2016 . Para informações, entre em contato com o treinel Murcego pelo telefone (31) 98399-6206 ou mande um e-mail para fernandomumu77@gmail.com.

Acesse também a fanpage da ACESA – facebook.com/acesaeusouangoleiro e a página do Fim de Tarde na Casinha – facebook.com/fimdetardenacasinha .

Mestres convidados

Mestre João (Belo Horizonte/MG)

Mestre João Angoleiro (João Bosco Alves da Silva) é mestre de Capoeira Angola, bailarino afro e mestre de dança africana. É fundador da Associação Cultural Eu Sou Angoleiro e da Companhia Primitiva de Arte Negra. Sua formação é em capoeira de rua de 1975 a 1982 (Mestre Dunga, BH), Capoeira Angola (Mestre Rogério, Alemanha; e Mestre Morais, Bahia) e em Dança Africana Moderna (Mamour Ba, Senegal).

Mestre Virgílio (Ilhéus/BA)

Mestre Virgílio (José Virgílio dos Santos) exerce há mais de 70 anos a prática da capoeira, carregando consigo um grande legado da Capoeira Angola. Iniciado na capoeiragem aos nove anos de idade por Mestre Caranha, na década de 1950 foi formado Contra-Mestre por Mestre João Grande. Fundou e foi o primeiro presidente da União de Capoeiristas do Sul da Bahia – UCASUB. Atualmente, é presidente da Associação de Capoeira Angola Mucumbo (ACAM) e dá aulas de Capoeira Angola nos bairros Centro e Conquista, em Ilhéus, além de ministrar oficinas para confecção de berimbau e caxixi.

Programação

27/10/2016 – quinta-feira

Local: Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) – acesso pela Av. Carlos Luz (Catalão)

13h – Defesa da tese “Campo de Mandinga: estética, ética e política na Capoeira Angola”, do cientista social e capoeirista Dimas Antônio de Souza. Local: auditório.

Local: UMEI Alaíde Lisboa – Campus Pampulha

14h30 – Oficina de Capoeira Angola para crianças da UMEI

16h – Saída do Boi da manta na UMEI em direção à Praça de Serviços

Local: Praça de Serviços da UFMG – Campus Pampulha

17h30 – Cadastramento dos participantes

19h – Prática de ritmo com Mestre Virgílio (ACAM - Ilhéus/BA)

20h – Apresentação de Maculelê e Roda de Capoeira Angola

22h – Confraternização de abertura

28/10/2016 – sexta-feira

Local: Centro Pedagógico da UFMG – Campus Pampulha

14h30 – Prática de Capoeira Angola para estudantes, comunidade universitária e convidados com Mestre João (ACESA - Belo Horizonte/MG)

16h – Roda de Capoeira Angola com a presença dos mestres convidados

Local: Associação Cultural Casinha – local externo à UFMG

Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto (BH)

19h – Mesa de conversa, “Jogo de dentro, jogo de Fora”

21h – Espetáculo interativo de Dança Afro com a Cia. Primitiva de Arte Negra: Ancestralidade

22h – Confraternização

29/10/2016 – Sábado

Local: Associação Cultural Casinha – local externo à UFMG

Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto (BH)

10h – Prática de Capoeira Angola com Mestre Virgílio

15h – Roda de Capoeira Angola com a presença dos mestres convidados

19h – Festa de encerramento

SERVIÇO

Evento: VI Chamada de Angola

Data: 27 a 29 de outubro de 2016

Locais:

- Centro Pedagógico, UMEI Alaíde Lisboa, Praça de Serviços e EEFFTO* - Campus Pampulha da UFMG: Av. Antônio Carlos, 6.627, Pampulha, BH

- Associação Cultural Casinha: Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto, BH

* O acesso à Escola de Educação Física se dá pela portaria da Av. Carlos Luz (Catalão)

Investimento: R$ 80,00

CIÊNCIA E SAÚDE
02 DE JULHO DE 2015
17 DE JUNHO DE 2016
Centenário Helena Greco
07 DE JUNHO DE 2018
Dia mUndial dos Oceanos
11 DE JULHO DE 2018
Voto em trânsito
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados