SEXTA-FEIRA, 24 DE NOV DE 2017
Untitled Document
NOTICIÁRIO - POLÍTICA
06 DE MAIO DE 2016
Comissão Especial do Senado aprova processo de Impeachment

Por 15 votos a 5, os senadores da Comissão Especial acataram o parecer do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) pela abertura do processo de Impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

A sessão aconteceu no fim da manhã desta sexta-feira, 6, como estava previsto e não houve abstenção.

O início foi tumultuado e teve bate-boca entre alguns senadores, mas após o presidente da Comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB) suspendê-la por cinco minutos, os ânimos se acalmaram e a sessão deu prosseguimento.

Antes da abertura da votação, o relator Anastasia ressaltou que o quê se discute não é a honestidade ou não da presidente, mas sua responsabilidade por atos cometidos no exercício da função.

Com a aprovação da comissão, o prazo é de 48 horas (sem contar o final de semana) para o parecer ser votado novamente, agora por todos os senadores no plenário do Senado. Assim, a votação deve acontecer na próxima quarta-feira (11). No plenário, é preciso o apoio da maioria simples (41 votos, se os 81 senadores estiverem presentes). O senador Raimundo Lira (PMDB-PB), presidente da comissão, não votou.

Caso seja aprovado pela Casa, Dilma Rousselff se afasta por até 180 dias, nesse período ocorrerá o julgamento do impeachment. Se presideente for condenada ficará definitivamente fora do cargo e ilegível por oito anos, sendo assim, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assume a presidência até o fim do mandato. Caso seja absolvida, a Dilma retorna à presidência.

POLÍTICA
28 DE DEZEMBRO DE 2016
Eleitos são diplomados
22 DE MARÇO DE 2017
Legislativo está de volta
13 DE NOVEMBRO DE 2017
Menos velocidade e mais SEGURANÇA
08 DE JUNHO DE 2017
Transformando a sociedade
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados