TERÇA-FEIRA, 17 DE JUL DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - EDUCAÇÃO
23 DE JUNHO DE 2015
Ensino de games em escolas brasileiras é apresentado no México

Cases de sucesso em ensino da lógica de programação em escolas públicas e privadas de todo o país são apresentadas no Encontro Virtual Educa. O projeto implantado nas escolas de forma pioneira pela Microsoft – Game for K12 – foi escolhido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior para representar o Brasil

Escolas brasileiras que implantaram sistema Microkids, feito em uma iniciativa pioneira da Microsoft no Brasil chamada Game for K12/Brincando com Códigos, com o ensino da linguagem de códigos que possibilita a criação de games, estão entre os cases de sucesso apresentado aos educadores de toda a América Latina em Guadalajara, no México. A cidade sedia o Encontro Virtual Educa que aponta as maiores novidades da área educacional.

Games desenvolvidos por alunos premiados em concurso nacional

Games desenvolvidos por alunos do Ensino Fundamental – com idades entre 11 e 13 anos – que foram selecionados no concurso nacional Microkids em 2014, são agora apresentados para educadores de outros países.

O desenvolvimento da lógica através da criação de games oferece resultados na aplicação do ensino de outras disciplinas – conteúdo multidisciplinar. Isso tem se mostrado bastante efetivo no desenvolvimento do raciocínio lógico e, especialmente, no aumento da capacidade de concentração dos estudantes.

Criação de games é um grande mercado

Muitas crianças sonham em ter o sucesso de grandes nomes dos negócios na área de tecnologia como Bill Gates e Mark Zuckerberg, que começaram cedo e estavam apenas brincando. Gates tinha 13 anos quando desenvolveu um programa de “jogo da velha”, e o criador do Facebook estava na sexta série quando começou a escrever códigos. “Um dia estava brincando com meus amigos e rapidamente mais de um bilhão estavam usando nossa ferramenta. Isto é incrível”, disse Zuckerberg.

Entrevistas com personagens famosos do mundo da tecnologia fazem parte de um incentivo mundial para que as escolas promovam o ensino da linguagem de códigos. Porém, apenas uma em cada dez escolas ensina a programar.

Uma pena, já que o mercado é promissor e no Brasil já dá os primeiros passos com a previsão de que as empresas no ramo de Tecnologia da Informação cresçam 10% no ano, movimentando US$ 165,5 bilhões no Brasil. O mercado mundial de games deve movimentar US$ 91,5 bilhões em 2015.

Mais que descobrir talentos, o desenvolvimento de jogos é ferramenta de ensino, já que promove o estímulo da lógica, exigidos em outras disciplinas. Steve Jobs defendia a popularização do ensino da programação. “Todas as pessoas deveriam aprender a programar computadores, porque isso ensina a pensar”, dizia.

O Encontro Virtual Educa acontece de 22 a 26/06 em Guadalajara, México.

EDUCAÇÃO
11 DE MAIO DE 2015
28 DE SETEMBRO DE 2017
Pedalando por uma vida melhor
28 DE SETEMBRO DE 2017
Cantinho do Escritor Sabarense
18 DE JULHO DE 2017
Riquezas de nosso patrimônio
28 DE SETEMBRO DE 2017
De portas abertas
06 DE OUTUBRO DE 2017
2ª edição da Ação Promove
31 DE OUTUBRO DE 2017
Ação Promove SABARÁ
31 DE OUTUBRO DE 2017
Literatura sabarense
31 DE OUTUBRO DE 2017
Professores no limite
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados