SÁBADO, 25 DE MAI DE 2019
Untitled Document
NOTICIÁRIO - GERAIS
28 DE MAIO DE 2015
Paulista bate recorde ao montar quebra-cabeça com 33.600 peças

Eleusa Bafun Perna supera mais uma vez o próprio recorde junto ao RankBrasil. Ela demorou 672 horas para terminar o jogo

A gerente financeira de Descalvado (SP), Eleusa Bafun Perna superou novamente em 2015 o próprio recorde junto ao RankBrasil de Maior quebra-cabeça montado. Ela demorou 672 horas para terminar o Wild Life (Vida Selvagem), que tem 33.600 peças e dimensões de 5,7 m de comprimento por 1,57 m de largura.

O jogo é proveniente da Espanha e foi comprado pela internet. De fabricação da empresa Educa Borras, o desenho pertence ao pintor britânico Adrian Chesterman. Segundo a recordista, atualmente é o maior quebra-cabeça do mundo.

A montagem levou 11 meses: começou em 14 de abril de 2014 e terminou em 9 de março de 2015. “Por falta de tempo, demorei mais do que gostaria”, revela. Conforme ela, o trabalho de enquadramento foi bastante complicado: “Precisei colar as peças em uma madeira para que não se soltassem no momento de colocar a moldura”.

A paulista diz estar muito feliz por ultrapassar o próprio recorde mais uma vez. “É um orgulho enorme e se aparecer outro quebra-cabeça maior com certeza vou superar minha marca de novo”, destaca. Além dos jogos gigantes registrados pelo RankBrasil, Eleusa já montou um de 18 mil peças e muitos outros menores, com dois mil, três mil e cinco mil peças.

Nas horas vagas, quando não está envolvida com estas montagens, a recordista gosta muito de jogar eletrônicos que exigem raciocínio lógico e de resolver palavras cruzadas. “Quanto mais for necessário pensar, melhor”.

Quem tiver curiosidade, o Wild Life está exposto na perfumaria Brilhe Mais, que fica no centro da cidade de Descalvado. “Este quebra-cabeça é muito lindo e colorido. Alguns detalhes só puderam ser vistos após a montagem”, finaliza.

GERAIS
27 DE ABRIL DE 2015
Rede Sindijori de Comunicação
18 DE OUTUBRO DE 2016
28 DE DEZEMBRO DE 2018
“Um olhar para o próximo”
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados