SEGUNDA-FEIRA, 16 DE JUL DE 2018
Untitled Document
EDITORIAS - CIÊNCIA E SAÚDE
27 DE ABRIL DE 2015
Família de Amy Winehouse critica documentário sobre a cantora

A família da cantora britânica Amy Winehouse, que morreu aos 27 anos após ingerir uma grande quantidade de álcool, classificou o documentário sobre a sua vida como "enganoso".

O filme "Amy", com estreia prevista para o mês que vem no festival de Cannes, narra a história da cantora desde o início de sua carreira até a sua morte em 2011, passando pela fama alcançada com sucessos como "Rehab".

"(Os parentes) sentem que o filme é uma oportunidade perdida para prestar homenagem à sua vida e ao seu talento", ao mesmo tempo em que é "enganoso e contém algumas mentiras", disse o porta-voz da família em um comunicado.

"Há acusações concretas contra a família e sua empresária que são infundadas", exemplificou sem especificar quais seriam essas acusações.

O documentário foi dirigido pelo premiado cineasta britânico Asif Kapadia. Ele dirigiu o filme "Senna", sobre o piloto brasileiro de Fórmula 1, e ganhou os prêmios da Academia Britânica para as Artes do Cinema e a Televisão (Bafta) de melhor documentário e edição.

Em um comunicado, a equipe do documentário defende seu trabalho, assegurando que durante a filmagem contaram "com o pleno respaldo da família Winehouse" e que rodaram "com total objetividade, como em Senna".

"Durante o processo de produção, fizemos 100 entrevistas na região com gente que conhecia Amy Winehouse, entre eles amigos, familiares e membros da industria fonográfica", afirmaram os cineastas.

CIÊNCIA E SAÚDE
02 DE JULHO DE 2015
17 DE JUNHO DE 2016
Centenário Helena Greco
07 DE JUNHO DE 2018
Dia mUndial dos Oceanos
11 DE JULHO DE 2018
Voto em trânsito
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados